Enes Kanter, jogador do Oklahoma City Thunder
Reprodução
Enes Kanter, jogador do Oklahoma City Thunder

O jogador turco Enes Kanter foi detido neste último sábado (20) em um aeroporto na Romênia depois de ter tido seu passaporte cancelado pela embaixada da Turquia. O pivô do Oklahoma City Thunder alegou que o motivo seria sua posição política, já que é um crítico do governo do atual presidente de seu país de origem.

LEIA TAMBÉM: Ex-estrela pornô e agora comentarista provoca astro da NBA pelas redes sociais

"A razão disso tudo é por causa das minhas visões políticas e o cara que fez isso é Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia. Ele é um homem mau e é o Hitler do nosso século. Então eu vou continuar postando, rezem por nós", disse o jogador em vídeo publicado na sua conta do Twitter.

Aos 25 anos de idade, o atleta vinha da Indonésia, onde realizava compromissos de sua fundação, a Enes Kanter Light Foundation, entidade com foco em crianças órfãs, combate à fome, e desenvolvimento da educação e esporte. Em em direção aos Estados Unidos, o pivô foi parado na Europa Oriental. "Estou na Romênia e eles disseram que o meu passaporte foi cancelado pela embaixada turca", disse.

LEIA TAMBÉM: Após declarações polêmicas, Shaquille O'Neal agora quer virar xerife nos EUA

Você viu?

Depois de quatro horas, foi liberado para embarcar em um avião com destino à Londres e de lá, iria para o continente americano. "Está tudo bem, irei comparecer à coletiva de imprensa amanhã em Nova York. Tenho muitas coisas para dizer, com muitas histórias doidas. Fiquem atentos!", escreveu antes de deixar a Romênia.

Ao chegar na terra governada por Donald Trump, Enes Kanter escreveu: "Olá, país mais bonito do mundo. Os Estados Unidos da América".

Como tudo começou

Nesta segunda-feira (22), o pivô do Thunder explicou o ocorrido. "Para começar, eu gostaria de agradecer ao Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, ao Oklahoma City Thunder , à NBA. Foi definitivamente um momento muito louco", disse Kanter.

"Tudo começou na Indonésia, eu estava dormindo e bateram na minha porta dizendo que a Secretaria de Segurança e o exército indonésio estavam procurando por mim porque o governo turco disse que eu sou um homem perigoso. E eu não sabia o que fazer, então eu fui para Singapura e depois Romênia e então tudo começou", explicou ele durante o programa "CBS This Morning".

LEIA TAMBÉM: Fezes e ratos! Jogador da NBA se envolve em polêmica com produtora pornô

Terceira escolha do draft geral de 2011 pela equipe do Utah Jazz, o jogador de 2,11 m de altura nascido em Zurique, na Suíça, foi transferido para a franquia de Oklahoma em 2015.

    Leia tudo sobre: NBA

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários