Tamanho do texto

Mick Schumacher foi convidado pela escuderia italiana para pilotar a F2004, carro usado por Michael no ano em que foi heptacampeão mundial

Mick Schumacher usando as cores da Ferrari
Reprodução / Fórmula 1
Mick Schumacher usando as cores da Ferrari

Mick Schumacher terá um dia especial no Grande Prêmio da Alemanha, no dia 28 de julho, no Circuito de Hockenheimring. A Ferrari convidou o jovem alemão, atualmente na Fórmula 2, para pilotar a Ferrari F2004 do pai Michael Schumacher. Esse é o mesmo carro que o ex-piloto foi heptacampeão mundial na Fórmula 1.

Leia também: 2.000 dias após acidente, presidente da FIA diz que Schumacher "segue lutando"

Mick Schumacher vai conduzir a Ferrari F2004 no sábado, dia de treinos livres, e no domingo, quando acontecerá a corrida, que terá largada às 10h10 (de Brasília). A F-2 estará de folga no fim de semana do GP da Alemanha, o que facilitou para que a demonstração do jovem piloto com o carro lendário aconteça.

"Acho que é incrível pilotar esse carro em Hockenheim. Minha última vez nessa pista foi celebrando meu título da F3, e agora vou voltar podendo pilotar um dos carros mais fortes da história da F1 . Vai ser um momento incrível", disse o piloto.

Aliás, o Circuito de Hockenheim tem forte ligação com a família Schumacher. Michael venceu quatro provas lá – 1995, 2002, 2004 e 2006. Já Mick confirmou o título da F-3 Europeia no mesmo local em 2018.

Leia também: Cinco anos após acidente, o que se sabe sobre o estado de saúde de Schumacher?

Esta não será a primeira vez que Mick Schumacher vai pilotar um dos carros do pai. Em 2017, o filho demonstrou a Benetton de 1994 de Michael no circuito de Spa-Francorchamps da Fórmula 1 .