Tamanho do texto

Jean Todt era chefe da Ferrari quando Schumi corria. Os dois eram grandes amigos na época e suas famílias continuam próximas

schumacher e todt
Reprodução
Schumacher e Jean Todt eram muito amigos no tempo que o piloto estava na Ferrari

Há exatamente 2.003 dias o heptacampeão da Fórmula 1, Michael Schumacher, sofreu traumatismo craniano com hematomas intracranianos e edema cerebral difuso enquanto esquiava em Méribel, na França, e desde então vive em estado vegetativo.

Leia também: Hamilton vence GP da França de ponta a ponta com dobradinha da Mercedes

Durante uma entrevista ao RMC Sport, o ex-chefe de equipe da Ferrari nos tempos de Schumacher e atual presidente da FIA, Jean Todt, comentou que o alemão está cercado da família e que seu estado de saúde não evoluiu muito.

“A saúde de Schumacher é muito particular. Michael está muito bem cercado, vivendo com sua família em casa entre Genebra e Lausanne, ele ainda está lutando, isso é tudo que posso dizer”, disse.

Além de Todt, quem atualiza os fãs e imprensa sobre as condições de Schumacher é a representante do piloto, Sabine Kehm.

Legado da família Schumacher segue com Mick

mick schumacher
Reprodução / Fórmula 1
Mick Schumacher usando as cores da Ferrari

O filho de Michael Schumacher , Mick Schumacher, de 20 anos mantém o legado do pai no automobilismo. Campeão da Fórmula 3 Europeia em 2018, o alemão disputa a Fórmula 2 nessa temporada pela equipe Prema Racing e recentemente assinou com a Ferrari para uma equipe de desenvolvimento da escuderia.

Nas entrevistas mais recentes de Mick, ele não deixa de citar o pai e comprovar que daqui alguns anos veremos outro Schumacher na Fórmula 1. “A F1 é o meu destino. Eu não me comparo a ninguém da Fórmula 1 atualmente, obviamente eu me comparo ao meu pai. Eu vejo o que ele fez, quais os passos que ele deu e o que ele fez diferente dos outros e ver o que de positivo posso tirar disso”, comentou numa ocasião ao Sky Sports.

Leia também:  Apoiado pela família, documentário sobre Schumacher sai em dezembro

Na tabela da F2, Mick Schumacher está na 15ª colocação com 14 pontos. O líder do campeonato de pilotos é o holandês Nyck de Vries com 121 pontos.