Tamanho do texto

Líder do campeonato, finladês bateu companheiro de equipe no treino deste sábado e vai largar na ponta no milésimo GP da história da categoria

Bottas Hamilton e Vettel
REPRODUÇÃO/F1
Líder do campeonato, Bottas fez o melhor tempo na madrugada deste sábado e vai largar na pole do GP da China

Em mais um treino classificatório bastante disputado, a Mercedes garantiu nova dobradinha na madrugada deste sábado (13) para o GP da China . Desta vez, porém, quem ficará na primeira posição do grid de largada é o finlandês Valtteri Bottas, que superou o companheiro Lews Hamilton por apenas 0s023.

Leia também: 

Depois de comandar os treinos livres para o  milésimo grande prêmio da história da Fórmula 1, Bottas marcou 1m31s547 na última volta classificatória e confirmou a pole position. Hamilton , com o tempo de 1m31s570, ficou com a segunda posição.

Principais candidatas ao título e a desafiar o poderio da Mercedes, as Ferraris acabaram tendo que se contentar com a segunda fila no grid de largada. Sebastian Vettel fechou com o tempo de 1m31s848 e garantiu a terceira posição enquanto Charles Leclerc foi o quarto, cravando 1m31s865.

Na sequência, aparecem as RBR's de Max Verstappen e Pierre Gasly, os dois carros da Renault, de Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg, além de Kevin Magnussen e Romain Grosjean, ambos da Haas.

Leia também: Nasceu de novo! Pilota que sofreu acidente assustador sonha ser campeã da F1

O Grande Prêmio da China acontece na madrugada de sábado para domingo, às 03h (horário de Brasília). Mais uma vez, a regra da volta mais rápida será aplicada e garantirá um ponto extra para um dos pilotos. Na primeira etapa, disputada na Austrália, Bottas somou todos os 26 pontos possíveis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.