Tamanho do texto

O modelo SF90 tem detalhes em preto e foi feito em comemoração aos 90 anos do primeiro carro da scuderia italiana; temporada começa em março

O SF90 é a novidade da Ferrari para a temporada 2019 da Fórmula 1
Divulgação
O SF90 é a novidade da Ferrari para a temporada 2019 da Fórmula 1

Visando acabar com a supremacia da pentacampeã Mercedes, a Ferrari apresentou nesta sexta-feira (15) em Maranello, na Itália, o SF90, o novo carro da escuderia italiana para a temporada de 2019 da Fórmula 1.

Leia também:  McLaren apresenta modelo 'bem diferente' de carro para temporada 2019

Para este ano, a Ferrari optou por mudar o tom do seu tradicional vermelho, sendo mais fosco do que no carro da temporada passada. Além disso, outra novidade é que a equipe também adotou alguns detalhes em preto no SF90 que correrá na temporada 2019 da Fórmula 1 .

A traseira "bastante fina", que deixará a "unidade de potência mais enxuta", e a parte de cima do chassis, que foi trabalhada para ter menor necessidade de refrigeração, tiveram grande destaque na apresentação do monoposto.

A nomenclatura do novo modelo faz referência à equipe italiana - SF de Scuderia Ferrari - e 90 ao nonagésimo aniversário do primeiro monoposto fabricado pela Ferrari, em 1929. "Estamos comemorando nosso 90º aniversário este ano e estamos bem conscientes da responsabilidade que nossa gloriosa história acarreta e entendemos que existem grandes expectativas”, disse Louis Camilleri, CEO da Ferrari.

“Representamos o orgulho da nação, milhões de apoiadores, com confiança no talento de homens e mulheres que trabalham incansavelmente para realizar nossas ambições", afirmou Camilleri.

Leia também:  Às escondidas, Schumacher teria passado aniversário de 50 anos na Espanha

"Estou extremamente empolgado para esta temporada. Pilotar para a Ferrari é um sonho de criança. É uma grande oportunidade correr com Sebastian, posso aprender bastante com ele. Estou certo de que será uma grande temporada, vamos trabalhar juntos", disse o piloto da Ferrari, Charles Leclerc.

Já o alemão Sebastian Vettel , afirmou que a equipe está no "caminho certo" e que o grande objetivo nesta temporada é "vencer o título".

O presidente da Ferrari, John Elkann, também se posicionou e afirmou que está "orgulhoso" pela equipe de Maranello conseguir "unir um país inteiro”.  O novo chefe da Ferrari, Mattia Binotto, disse que o SF90 "não é uma revolução", já que o monospoto da equipe foi "adiante com os conceitos do ano passado".

O tetracampeão Vettel irá para sua quinta temporada com a Ferrari. Neste ano, o alemão terá como companheiro de equipe o monegasco Leclerc, que fez uma ótima temporada de 2018 pela Sauber e substitui o finlandês Kimi Raikkonen.

Leia também:  Mercedes e Red Bull apresentam novos carros para a Fórmula 1; veja fotos

No ano passado, com o modelo SF71H, a Ferrari até pareceu que iria acabar com o jejum de títulos. No entanto, a equipe italiana foi superada ao longo da temporada pela Mercedes que levou Lewis Hamilton ao seu quinto título na Fórmula 1 .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas