A cidade de Asti, na região norte da Itália, irá realizar entre os dias 29 de março e 14 de abril uma exposição em homenagem ao piloto Ayrton Senna.

Leia também: Ferrari explica ordem para Leclerc não ultrapassar Vettel na Austrália

undefined
Divulgação
Ayrton Senna ganhará exposição em sua homenagem na cidade italiana de Asti

O evento foi apresentado hoje (21) no Palácio Mazzetti, no dia em que Ayrton Senna , morto em maio de 1994 completaria 59 anos de idade.

A mostra contará com mais de 200 relíquias sobre a vida do piloto brasileiro, desde fotos de infância até alguns carros que Senna dirigiu, como as McLaren's das temporadas de 1991 e 1993.

Leia também: Entradas para o GP Brasil de Fórmula 1 em 2019 custarão entre R$ 610 a R$ 16 mil

A exposição também será usada para arrecadar fundos ao Instituto Ayrton Senna, ONG criada em 1994 pela família do piloto e que é comandada pela irmã do tricampeão mundial de Fórmula 1 , Viviane.

Bruno, sobrinho de Senna, participou da apresentação da exposição e afirmou que o evento será para "celebrar a vida" do seu tio.

Leia também: Dirigente da Fórmula 1 é encontrado morto a poucos dias do início da temporada

Com a McLaren, Ayrton Senna conquistou os mundiais de 1988, 1990 e 1991, além de ter sido vice-campeão nas temporadas de 1989 e 1993. O piloto faleceu no dia 1º de maio de 1994 devido a um grave acidente no circuito de Ímola, durante o Grande Prêmio de San Marino.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários