Leclerc colou em Vettel na Austrália, mas a Ferrari não deixou a ultrapassagem acontecer
Autosport / Reprodução
Leclerc colou em Vettel na Austrália, mas a Ferrari não deixou a ultrapassagem acontecer

O novo chefe da Ferrari, Mattia Binotto, explicou nesta semana a ordem para o piloto Charles Leclerc não ultrapassar o seu companheiro de equipe Sebastian Vettel durante a disputa do Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1, em Melbourne.

Leia também: Após boa pré-temporada, Ferrari inicia ano como favorita na Fórmula 1

Faltando sete voltas para o fim da primeira corrida da temporada de 2019, o monegasco encostou em Vettel e estava pronto para ultrapassar o alemão. No entanto, o jovem piloto foi informado pela Ferrari , via rádio, que deveria "recuar para ter uma margem".

Leia também: Dirigente da F1 é encontrado morto a poucos dias do início da temporada

Você viu?

"Depois do pit stop, o carro de Sebastian Vettel não encontrou aderência nos pneus médios e por isso não conseguiu atacar os que estavam à frente. Quando ele não pôde mais se defender de Verstappen, decidimos que o mais importante era ir até o fim e controlar os pneus. Quando Charles Leclerc o alcançou, pareceu mais sensato não se arriscar", explicou Binotto.

No primeiro GP da Fórmula 1 de 2019, Vettel terminou a prova na quarta colocação, enquanto Leclerc finalizou em quinto. O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, ganhou a corrida, seguido pelo companheiro de equipe, Lewis Hamilton, e Max Verstappen, da Red Bull Racing.

Leia também: Entradas para o GP Brasil de Fórmula 1 custarão entre R$ 610 a R$ 16 mil

O próximo GP da F1 será realizado entre os dias 29 e 31 de março, em Sakhir, no Bahrein. Resta saber se a Ferrari fará o jogo de equipes mais uma vez na temporada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários