Fernando Alonso encerrou sua carreira na Fórmula 1 em 2018 após 17 temporadas
Divulgação
Fernando Alonso encerrou sua carreira na Fórmula 1 em 2018 após 17 temporadas

Segundo o jornal Marca, o piloto Fernando Alonso está considerando competir no Rally Dakar a partir de 2020. O espanhol se despediu da Fórmula 1 no fim da temporada de 2018.

Leia também:  Brasileira do UFC reage a assalto com socos, chutes e mata-leão no RJ

Além de competir no Mundial de Toyota, em Daytona 24 horas de IMSA e na Indy 500, Fernando Alonso quer completar seu currículo como piloto e adicionar a Dakar no ano que vem. Em abril ele fará um teste com o carro de Nasser Al-Attiyah, no Qatar.

De acordo com o jornal espanhol, esse teste já faz parte do plano para incluir o bicampeão mundial de Fórmula 1 na nova categoria. A primeira rodada do Mundial da FIA de Rally Cross Country acontecerá entre 17 e 22 de abril.

Para a fase inicial, Alonso começaria como co-piloto e participaria das etapas da Itália, Hungria e Polônia antes do verão europeu. No calendário de 2019 estão programadas também as corridas do deserto da China e da Mongólia, em meados de julho, além da grande prova do ano, o Rally Dakar de Marrocos disputado em outubro.

Leia também:  Maurizio Arrivabene deixa a Ferrari após 4 anos sem conquistar a Fórmula 1

Você viu?

A preparação pode ser intensa. Fernando Alonso tem experiências com outras corridas, porém sempre em superfície plana e de asfalto. O piloto teria que se adaptar a correr em areias, estradas, trilhas rápidas e lamas.

Antes da preparação para a Dakar, tem as 24 horas de Daytona , primeiro evento que o espanhol vai participar em 2019. Marcada para o dia 26 de janeiro, essa categoria é uma das mais tradicionais nos Estados Unidos. É uma corrida de resistências entre automóveis protótipos e de gran turismo.

Fernando Alonso dirigirá o Cadillac da Wayne Taylor Racer nas 24hrs de Daytona
Reprodução/ Twitter
Fernando Alonso dirigirá o Cadillac da Wayne Taylor Racer nas 24hrs de Daytona

No treino de sexta-feira (04), Alonso comentou sobre a oportunidade de correr novamente em Daytona e sobre a experiência que acumulou.

“A expectativa é maior, mas veremos no final. Acho que estou em uma posição muito melhor neste momento do que no ano passado. Este ano aproveito toda a experiência e aprendizado, gerenciamento de tráfego, economia de combustível, funcionamento do safety car dos EUA, tudo vai ser útil. Digamos que isso mude a abordagem da corrida”, comentou.

Leia também: Jogador do Dallas Cowboys sofre fratura no tornozelo durante os playoffs

Fernando Alonso divide o carro da Wayne Taylor Racing (WTR) com Jordan Taylor, Renger van der Zande e seu companheiro de Toyota no Mundial de Endurance (WEC), Kamui Kobayashi.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários