Zaracho anotou o gol do Galo na partida
PEDRO SOUZA / ATLÉTICO
Zaracho anotou o gol do Galo na partida

No Nilton Santos, o Botafogo perdeu o controle da partida e foi derrotado por 1 a 0 para o  Atlético-MG neste domingo, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Alvinegro caiu para a décima primeira colocação, com 21 pontos e aumentou a pressão sobre o técnico Luís Castro. O gol do time mineiro, que alcançou a liderança da Série A, foi marcado pelo meia-atacante argentino Zaracho.

Na próxima quarta-feira (20), o Botafogo vira a chave e enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, às 21h30, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com muita velocidade e marcação, o jogo entre Botafogo e Atlético-MG não teve capacidade para determinar quem tinha mais chance de vencer a partida, ao menos, no primeiro tempo. No entanto, a partir dos 30 minutos, a equipe mineira pegou o controle da partida e sufocou a defesa carioca.

Em jogo agitado, o Atlético-MG foi o que teve a melhor chance para abrir o placar no primeiro tempo. Na reta final, aos 45 minutos, após cruzamento de Mariano pela direita, o meia-atacante Zaracho cabeceou e a bola explodiu na trave do Botafogo.

No retorno para o segundo tempo, o jogo continuou pegado e as duas equipes falharam no último terço do campo. Em uma oportunidade para o Botafogo, Tchê-Tchê experimentou de fora da área no primeiro minuto e isolou. Foi o mesmo caso do time mineiro, que perdeu a chance com Nacho. Na ocasião, Mariano cruzou na medida para o meia argentino, que ficou cara a cara com Douglas Borges, mas chutou para fora.

Até que, aos nove minutos, o Atlético-MG cansou de perder as suas chances e abriu o placar com um gol “espírita”. No lance, Zaracho bateu pela esquerda sem ângulo, a bola foi direto para o gol e enganou o goleiro Douglas Borges.


Em jogo com bastante movimentação, o Botafogo não soube lidar com a pressão do Atlético-MG, que aproveitou as falhas da equipe carioca e decidiu a partida com gol do meia Zaracho. O Alvinegro precisará virar a chave para pegar o Santos, na próxima rodada do Brasileiro, e tentar amenizar a pressão sobre o treinador Luís Castro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários