Embalado, Corinthians tentará quebrar jejum de vitórias contra Sport em jogos como visitante
Rafael Franco
Embalado, Corinthians tentará quebrar jejum de vitórias contra Sport em jogos como visitante


Invicto há dez partidas e embalado por uma vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, o Corinthians vai a campo neste sábado para enfrentar o Sport , às 16h30, na Arena Pernambuco, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro , confiante em manter sua boa fase. Para completar, a equipe poderá encerrar um jejum de vitórias sobre o adversário, em duelos fora de casa, que já dura cinco anos.

O último triunfo como visitante sobre o rival foi conquistado no dia 29 de maio de 2016, quando o Timão derrotou a equipe de Recife por 2 a 0, na Ilha do Retiro, com gols de Lucca e Marquinhos Gabriel, também em um confronto válido pelo Brasileirão. Na ocasião, o lateral-direito Fagner foi o único representante do atual elenco alvinegro a ter participado daquela partida.

O goleiro Cássio, o outro remanescente do plantel corintiano que foi relacionado para aquele jogo, ficou no banco de reservas e Walter foi escalado como titular da posição pelo técnico Tite. O treinador então vivia a fase final do seu trabalho à frente da equipe antes de assumir a Seleção Brasileira.

Leia Também

Depois deste confronto, o Corinthians encarou o Sport por mais três vezes na capital pernambucana, onde acumulou duas derrotas e um empate, sendo que marcou apenas um gol nestes embates.

O primeiro destes jogos ocorreu na rodada final do Brasileirão de 2017. Naquela ocasião, já com o título nacional assegurado pelo Timão há duas semanas, um mistão escalado por Fábio Carille foi derrotado por 1 a 0, na Ilha do Retiro, em um resultado que acabou salvando a equipe pernambucana de rebaixamento à Série B.

Pouco mais de cinco meses depois, os dois times voltaram a se encontrar no estádio do Sport, pelo Brasileirão de 2018, e a partida acabou empatada por 1 a 1. E naquela temporada o time recifense acabou sendo rebaixado e, por isso, os dois clubes não se encontraram na edição seguinte da competição.

Um novo duelo entre o Timão e o Leão, em Recife, ocorreria apenas no Campeonato Brasileiro de 2020. Em jogo válido pelo primeiro turno do torneio, novamente na Ilha do Retiro, os donos da casa venceram por 1 a 0, então já em um cenário de pandemia do novo coronavírus, fato que impediu a presença de torcedores nas arquibancadas.

Naquela ocasião, vivendo uma fase ruim, o time corintiano estava sendo comandado por Dyego Coelho e foi escalado com Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Xavier; Roni, Mateus Vital, Otero e Everaldo; Jô. No decorrer da partida entraram Gustavo Mantuan, Ramiro, Cantillo, Léo Natel e Luan.

CONDIÇÃO FÍSICA À PROVA

Para voltar a vencer o Sport em um jogo fora de casa, o Corinthians terá também o desgaste como um dos obstáculos a superar neste sábado. Na última quinta-feira, ao falar sobre a sua atual condição física, Renato Augusto lembrou da forte sequência de partidas que o Timão vem fazendo e reconheceu que poderá vir a ser poupado de outros duelos para evitar possíveis lesões.

- Claro que o calendário é um pouco agressivo, você joga a cada dois ou três dias, com viagens, num Brasileiro muito disputado, de jogos desgastantes. Quero crescer fisicamente, tecnicamente e talvez fique fora de um ou outro jogo. É entender e compreender o corpo. Estou neste processo adaptação, mas me sentindo bem - comentou o meio-campista, logo após o último treino do Corinthians antes de o time viajar até Recife.

Na última vez que enfrentou o Sport, no dia 24 de junho, na Neo Química Arena, o Corinthians venceu por 2 a 1 pelo primeiro turno do Brasileirão. No mesmo local neste ano, a equipe alvinegra superou o rival por 3 a 0, em 21 de janeiro, em confronto válido ainda pela edição de 2020 do Campeonato Brasileiro, que terminou apenas em 2021 por causa da paralisação do calendário no ano anterior motivada pela pandemia da Covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários