Dana White admite duelo entre Wand x Sonnen para celebrar 20 anos do UFC

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Mandatário do UFC disse que o duelo pode acontecer no dia 16 de novembro, no UFC 167, caso o brasileiro tenha condições de luta

Reprodução/Twitter
Chael Sonnen já faz lobby para o duelo diante de Wanderlei Silva há tempos

Após provocações de ambos os lados, Dana White já admite realizar a luta entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen. Em participação no programa TV Fox Sports Live, nesta quarta, o chefão do UFC disse que irá marcar o duelo para o dia 16 de novembro, no co-main event do UFC 167, caso o brasileiro tenha condições de lutar. O evento marca os 20 anos da franquia.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Acho que Wanderlei Silva está fora até o começo do ano. Então eu não tenho certeza se ele está saudável, mas se estiver bem, com certeza farei essa luta, e com certeza a tornarei co-evento principal', disse Dana White.

Leia mais: Em nova categoria, Lyoto Machida encara Tim Kennedy em novembro no UFC

Durante a entrevista do mandatário do UFC, Chael Sonnen fez uma aparição surpresa e fez lobby pelo duelo diante de Wanderlei Silva. 

Veja ainda: Com Demian Maia e Erick Silva, UFC oficializa evento em Barueri

Veja fotos da carreira de Chael Sonnen:

Sonnen aplica a guilhotina e derrota Shogun no UFC. Foto: Getty ImagesChael Sonnen lambe o sapato de Rashad Evans. Foto: ReproduçãoJones leva luta contra Sonnen para o chão. Foto: Al Bello/Zuffa LLC/Getty ImagesChael Sonnen sobe na balança para a pesagem do UFC 159. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty ImagesSonnen tenta se defender de golpe de Jones. Foto: Al Bello/Zuffa LLC/Getty ImagesSonnen dá entrevista no palco e promete derrubar adversário neste sábado. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty ImagesRivais fazem gozação com o lutador de MMA Chael Sonnen. Foto: ReproduçãoAnderson Silva dá ombrada em Chael Sonnen na pesagem do UFC 148. Foto: Getty ImagesCom um corte feio no nariz, Sonnen dá coletiva após a derrota. Ele reconheceu a superioridade de Anderson Silva na luta. Foto: Getty ImagesAnderson Silva e Chael Sonnen trocam socos durante o 2º round. Foto: Getty ImagesApós a luta, Anderson Silva convidou Chael Sonnen para um churrasco em sua casa. Foto: Getty ImagesChael Sonnen não esconde a decepção ao ser derrotado pelo rival Anderson Silva. Foto: Getty ImagesApós se esquivar e ver Sonnen cair de maduro, Silva partiu para cima e distribuiu socos sem dó nem piedade. Foto: Getty ImagesNo 1º round, Sonnen derrubou Anderson Silva logo do início e foi muito superior. Foto: Getty ImagesAnderson Silva encara Chael Sonnen após a pesagem. Foto: UFCAnderson Silva. Foto: Getty ImagesAnderson Silva . Foto: Getty ImagesChael Sonnen. Foto: Getty ImagesChael Sonnen. Foto: Getty ImagesChael Sonnen. Foto: Getty ImagesChael Sonnen. Foto: Getty ImagesChael Sonnen. Foto: AESonnen comemora seu triunfo. Foto: Getty ImagesSonnen. Foto: Getty ImagesChael Sonnen está a uma vitória da revanche contra Anderson Silva. Foto: Getty ImagesJones evita olhar nos olhos de Sonnen na encarada. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty ImagesChael Sonnen entra no octógono para desafiar Jon Jones. Foto: Al Bello/Zuffa LLC/Getty ImagesBrittany Smith postou fotos do casamento com Chael Sonnen em sua página no Twitter. Foto: Reprodução/Twitter


"Dana, não é segredo que sou a maior atração e o atleta mais bem pago do UFC, e a única pessoa que chega perto de rivalizar comigo é Georges St-Pierre. Da forma que eu vejo, em novembro, quando ele enfrentar Johny Hendricks ao vivo em Las Vegas, ele não tem um coevento principal. Peço para que você me coloque contra Wanderlei Silva neste card. Eu peço, Dana White, por favor faça essa luta", disse o falastrão americano.

Após vencer Maurício Shogun Rua no último sábado, Sonnen provocou o brasileiro, que retrucou pela sua página oficial do Twitter: "O UFC ainda não me ligou", se mostrando disposto para a luta. 

A luta entre Wand e Sonnen fica ainda mais aberta, depois do UFC anunciar o duelo entre Vitor Belfort e Dan Henderson no evento de 9 de novembro, em Goiânia, e Lyoto Machida ser confirmado diante de Tim Kennedy no UFC: Fight For The Troops, em 6 de novembro em Kentucky. 

Getty Images
Wanderlei Silva já admitiu que lutaria contra Chael Sonnen


Leia tudo sobre: wanderlei silvachael sonnenufc

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas