O presidente boliviano entregou nesta sexta-feira a medalha de mérito desportivo para o atacante do Flamengo

O presidente da Bolívia, Ev Morales entregou nesta sexta-feira a Ronaldinho Gaúcho a medalha ao mérito desportivo, a mais alta condecoração esportiva da Bolívia, em reconhecimento a seu "valioso trabalho desportivo internacional", diz a resolução governamental, lida em um ato na cidade de Sucre, onde o Flamengo treina.

Leia mais: Luxemburgo perde até a palavra final em contratações no Flamengo

"É uma honra receber esta homenagem", disse Ronaldinho, que agradeceu "o carinho do povo" de Sucre, que enche as ruas quando o ônibus do clube se desloca pela cidade, de 300 mil habitantes.

Veja ainda: Flamengo tenta Douglas para substituir Thiago Neves

Morales não poupou elogios ao jogador brasileiro: "Aproveitamos a sua presença para um pequeno reconhecimento, com respeito, humildade e muita admiração por Ronaldinho, que elevou o nome da América do Sul com sua participação em clubes europeus.

Fã do futebol, o presidente boliviano continuou: "Vi seus dribles e seus gols pela televisão."Ronaldinho já havia recebido homenagens de autoridades locais, como na última terça-feira, quando ganhou um poncho de lã usado pelos índios do sudeste boliviano.

O Flamengo cumpre desde terça-feira, em Sucre, localizada a 2.790 metros de altitude, um período de aclimatação, antes do jogo de quarta-feira em Potosí, a 3.873 metros de altitude, pela primeira fase da Libertadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.