Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Abono salarial de R$ 180 evita greve de operários na Fonte Nova

Trabalhadores realizaram assembleia nesta quinta-feira e decidiram não paralizar obra para estádio baiano da Copa de 2014

iG São Paulo |

Se as obras no estádio do Maracanã para a Copa de 2014 seguem paradas , o mesmo não irá ocorrer na Fonte Nova. Funcionários que trabalham na construção da arena baiana realizaram assembleia na manhã desta quinta-feira e, após promessa de abono salarial de R$ 180 por parte do consórcio responsável pela obra, optaram por não entrar em greve. A informação é do jornal "A Tarde".

O abono, dividido em duas parcelas de R$ 90 em outubro de 2011 e janeiro de 2012, evitou a paralização. O pedido anterior dos trabalhadores era um aumento de R$ 30 no valor da cesta básica, passando de R$ 130 para R$ 160, mas o consórcio não aceitou esta proposta, pois o valor de R$ 130 já havia sido acertado em uma CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), que tem validade até março de 2012.

Leia tudo sobre: copa 2014fonte novagreve

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG