Com o 3 a 1, time da capital inglesa chegou aos 14 pontos e subiu para terceira colocação na tabela do Inglês, entrando na zona de classificação para próxima Liga dos Campeões

David Luiz pula sobre jogadores do Chelsea comemoram gol de Oscar na vitória sobre o Norwicj
AP
David Luiz pula sobre jogadores do Chelsea comemoram gol de Oscar na vitória sobre o Norwicj

Após empatar por 1 a 1 com o Tottenham Hotspur no último final de semana, o Chelsea retomou o caminho das vitórias no Campeonato Inglês desta temporada. Neste domingo, o time londrino não se intimidou com a torcida adversária e contou com participação brasileira para triunfar por 3 a 1 sobre o Norwich City, no estádio Carrow Road, em partida válida pela sétima rodada do torneio nacional.

Confira a classificação completa e atualizada do Campeonato Inglês 2013/14

Com este resultado, o clube da capital inglesa chegou aos 14 pontos e subiu para terceira colocação na tabela, entrando na zona de classificação para próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. O Liverpool, com 16 pontos, lidera a competição. O Norwich, por sua vez, caiu para 16ª posição, com sete pontos.

O Chelsea volta a entrar em campo pelo Campeonato Inglês no próximo sábado, às 11 horas (de Brasília), quando mede forças com Cardiff, no Stamford Bridge. No mesmo dia e horário, o Norwich atua como visitante diante do Arsenal, no Emirates Stadium.

O jogo

Embalado pela goleada por 4 a 0 sobre o Steaua Bucareste (Romênia), na última terça-feira, em partida válida pela Liga dos Campeões da Europa, o Chelsea entrou em campo para enfrentar o Norwich com três brasileiros entre seus titulares: David Luiz, Ramires e Oscar. No setor ofensivo, o senegalês Demba Ba superou concorrência do camaronês Samuel Eto’o e ganhou oportunidade de começar jogando.

Atuando no habitual 4-2-3-1, o time comandado por José Mourinho controlou as ações ofensivas no início do embate e não demorou a abrir o placar. Aos três minutos, Oscar recebeu passe de Demba Ba dentro da área e, de primeira, deslocou o goleiro John Rudd para marcar seu terceiro gol nesta edição do torneio nacional.

Além de balançar as redes, o camisa 11 brasileiro era o principal criador de lances no meio-campo do Chelsea. Outra opção bastante utilizada pela equipe londrina eram lançamentos longos ao atacante senegalês, que teve êxinto na velocidade contra a zaga adversária na maioria das oportunidades. Em uma delas, inclusive, Demba Ba quase ampliou a vantagem no placar, mas teve arremate defendido por Ruddy, aos 13 minutos.

Depois de dominar o rival em boa parte do primeiro tempo, o time visitante não conseguiu manter o rendimento nos minutos finais da etapa inicial. Pressionada, a equipe treinada por Mourinho ficou acuada no campo defensivo, mas soube encaixar bom sistema de marcação e proporcionou poucas chances de gol ao adversário.

Na etapa complementar, o Norwich seguiu buscando reação e equilibrou ainda mais as ações do confronto. Em jogada polêmica, aos dez minutos, o atacante holandês Ricky van Wolfswinkel caiu dentro da grande área após ser desarmado por John Terry e pediu pênalti. No entanto, o árbitro Neil Swarbrick mandou a jogada seguir.

Do outro lado, o Chelsea encontrava grandes dificuldades para criar boas oportunidades e superar o sistema defensivo adversário. E, aos 22 minutos, o Norwich foi recompensado por seu desempenho. Van Wolfswinkel recebeu cruzamento de Olsson vindo do lado esquerdo e, de cabeça, ajeitou para Pilkington. O meio-campista irlandês superou David Luiz e tocou para o gol, empatando o placar no Carrow Road.

Insatisfeito com o resultado, Mourinho promoveu as entradas de Samuel Eto’o, Eden Hazard e Willian nas vagas de Demba Ba, Ashley Cole e Juan Mata, respectivamente. As alterações realizadas pelo treinador português deram resultado e, aos 39 minutos, o meio-campista belga recolocou o Chelsea em vantagem. Um minuto mais tarde, Willian acertou chute no ângulo e deu números finais ao jogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.