Inglês é o embaixador do futebol no país asiático e, nesta quarta-feira, fez uma visita a uma escola em Pequim. Veja as fotos

O inglês David Beckham está na China para uma série de eventos para promover o futebol no país. Em uma das primeiras atividades, o jogador do Paris Saint-Germain entrou em campo de roupa e sapato sociais e bateu bola com crianças e adolescentes de uma escola em Pequim. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

O jogador é o embaixador do futebol chinês, que tenta limpar a sua imagem após escândalo de manipulação de resultados revelado no começo do ano. No totoal, 33 pessoas, entre dirigentes, ábitros e atletas, foram banidas do futebol.

Além disso, 12 clubes receberam multas ou alguma punição, como começar a temporada com pontos negativos. É o caso do Shanghai Shenhua, famoso por exemplo pela contratação de Anelka. A equipe chegou a perder o título nacional de 2003, pagou multa de R$ 315 mil e perdeu seis pontos na temporada. 

Leia mais: Ex-dirigentes e jogadores chineses são presos por corrupção no futebol

Beckham faz parte de uma ação para tentar melhorar a imagem do país no esporte. "Estou ajudando a edução de crianças e aspirantes a jogador. É simples assim. Não estou aqui para limpar nada. Estou aqui para educar e dar a essas crianças a chance de se tornar jogadores profissionais", disse o inglês em coletiva. 

Ele passará quatro dias no país e visitará escolas primárias e clubes de futebol em Pequim, Qingdao e Wuhan. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.