Diretor de arte Gabriel Santoro fez curta que emocionou palmeirenses e acabou sendo usado na preleção de Felipão em Curitiba

O Palmeiras teve inúmeros desfalques na reta final da Copa do Brasil, mas contou com um "reforço" decisivo vindo direto das arquibancadas para conquistar o título: o torcedor Gabriel Santoro, de 29 anos, emocionou palmeirenses de todo o Brasil com o vídeo "A caminho da glória" , que mostrava a emoção alviverde em retornar a uma final nacional após 12 anos. O curta fez tanto sucesso que acabou sendo usado pelo técnico Luiz Felipe Scolari na preleção antes da finalíssima no Couto Pereira. O filme emocionou os jogadores, que arrancaram um empate por 1 a 1 para dar o título ao Palmeiras . Agora, Santoro lançou "No Alto da Glória", que mostra a conquista palestrina. Confira :

Ainda extasiado pela conquista, Santoro conta em entrevista ao iG os detalhes da noite de 11 de julho, quando o time alviverde voltou a ser campeão. Das arquibancadas do Couto Pereira, o diretor de arte conta que nem conseguiu ver o gol de herói Betinho .

RELEMBRE:  Vídeo de torcedor vira hit e é usado na preleção do Palmeiras

"No momento do gol do Betinho, eu estava com a visão prejudicada, estávamos do outro lado do campo, não vi quem cruzou, quem cabeceou, se estava impedido... Lembro que houve um silêncio no Couto enquanto a bola viajava pra área deles, vi os jogadores subindo, mas não vi a bola, foi questão de menos de um segundo e houve aquele grito embargado, carregado de uma alegria contagiante, como nunca tinha visto antes nestes anos de arquibancada. Uns caíram gritando gol no chão, outros desabaram em lágrimas gritando 'é campeão', pessoas que mal se conheciam se abraçavam como se houvessem ganho na Mega-Sena juntos, é difícil explicar, foi muito mais intenso do que um jogo normal... Pelo menos pra mim, o peso deste 12 anos de sofrimento foram essenciais para fazer deste um título especial, daqueles que no futuro lembraremos com muito apego", diz Gabriel Santoro. Relembre em fotos a trajetória vitoriosa do Palmeiras na Copa do Brasil 2012 :

O torcedor também relata a alegria de ter contribuído para o título com o vídeo da preleção. Santoro faz tudo por conta própria, sem retorno financeiro e ainda tendo que "driblar" a namorada. Tudo por amor à causa: "Fiquei muito feliz, nunca em minha vida imaginaria que eu contribuiria de alguma forma com um título do Palmeiras, mesmo que essa parcela fosse em 0,01%, faz todo o esforço valer a pena, as noite mal dormidas, as reclamações de minha namorada por me dedicar demais ao time... Foi um episódio da minha vida que com certeza contarei muitas vezes aos meus filhos", relata.

MAIS:  Presidente do Palmeiras confirma proposta superior a R$ 10 milhões por Valdivia

Confiante, Gabriel Santoro já tem até planos de novos vídeos para 2013, quando o Palmeiras volta a disputar a Copa Libertadores, em busca do bicampeonato continental: "Todo torcedor brasileiro sabe que a Libertadores é especial, mas para o palmeirense ela é mais especial ainda, muitos dos gloriosos capítulos de nossa história foram escritos dentro deste torneio, jogos memoráveis como aqueles contra o Grêmio em 1995 (5 a 0 em Porto Alegre, 5 a 1 em São Paulo) a consagração do nosso maior ídolo atual frente ao maior ídolo deles, (Marcos contra o Corinthians , em 2000) e até pela dificuldade que é chegar nela. Jogo de Libertadores é diferente, pra gente é muito mais do que uma Copa do Mundo e com certeza retratarei esta obsessão desde o 1º jogo da fase de grupos", afirma.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.