Tamanho do texto

Brasil venceu Porto Rico, na madrugada deste sábado, por 3 sets a 0. Seleção volta as quadras às 1h40 do domingo para enfrentar a República Dominicana

A seleção feminina do Brasil venceu na estreia do Campeonato Mundial
DIVULGAÇÃO/ FIVB
A seleção feminina do Brasil venceu na estreia do Campeonato Mundial

A seleção brasileira feminina de vôlei estreou com vitória no Campeonato Mundial. Na madrugada deste sábado (29), o Brasil levou a melhor sobre Porto Rico por 3 sets a 0 (27/25, 25/12 e 25/7), na Hamamatsu Arena, no Japão. O time verde e amarelo luta por um título inédito e tem como melhores resultados na competição três medalhas de prata (1994, 2006 e 2010) e uma de bronze (2014).

Leia também:  Seleção masculina de vôlei pega a Sérvia nas semifinais do Mundial

As brasileiras voltarão à quadra à 1h40 (horário de Brasília) da madrugada desse domingo (30) contra República Dominicana. O Brasil está no grupo D do Campeonato Mundial ao lado da Sérvia, República Dominicana, Porto Rico, Cazaquistão e Quênia. As equipes se enfrentarão dentro do grupo e as quatro melhores classificadas passarão à segunda fase.

A ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora do confronto, com 13 pontos (nove de ataque, três de bloqueio e um de saque). A oposta Tandara, com 11 acertos, também se destacou no duelo. Pelo lado de Porto Rico, as atacantes Enright e Reyes marcaram sete pontos cada uma.

Ao final do duelo,  Fernanda Garay fez uma análise da partida e falou da importância de iniciar a competição com uma boa vitória.

“Começamos com o pé direito, mas sabemos que temos um longo caminho pela frente e um desafio por dia. Fico feliz por iniciarmos a competição com essa vitória importante e sabemos que todos os resultados contarão para a classificação geral. Além disso, é muito bom voltar ao Japão que é um país que amo e admiro. Recebemos bastante calor humano, ainda mais em Hamamatsu que tem muitos brasileiros”, disse Fernanda Garay.

Outro destaque do time, a central Carol, que conseguiu uma longa e eficiente sequência de saques no terceiro set (o Brasil chegou a vencer a parcial por 15 a 0), comentou sobre o seu bom desempenho no fundamento. 

“Lembro de uma partida da Superliga na qual saquei bastante, mas não chegou a 15 saques como hoje. Isso é fruto de muito treinamento e a comissão técnica está dando muito enfoque no saque. O primeiro jogo sempre tem muita ansiedade, mas aos poucos conseguimos colocar o nosso ritmo para sairmos de quadra com uma boa vitória”, explicou Carol.

O treinador José Roberto Guimarães elogiou a postura das brasileiras a partir do segundo set e parabenizou o grupo pelo bom começo de competição.

Leia também:  Surfista de ondas gigantes é encontrado morto no México em caso misterioso

“Estreia de campeonato mundial é sempre um jogo nervoso. Porto Rico evoluiu muito nos últimos anos com jogadoras que estão melhores tecnicamente e fez um primeiro set muito bom. No segundo e no terceiro sets nosso time entrou com mais agressividade no saque e no bloqueio e diminuímos o número de erros para conseguirmos essa vitória”, afirmou José Roberto Guimarães.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.