Andy Murray
Reprodução / Australian Open
Andy Murray

O tenista britânico Andy Murray reconsiderou, entre o fim de 2019 e o início de 2020, a sua aposentadoria. Ainda assim, o atleta segue fazendo planos para quando parar de jogar. E esses planos incluem uma curiosa mudança de modalidades: Murray quer atuar no golfe ou no futebol .


— Eu gosto muito de golfe, então ser um caddie no tour seria algo que eu acharia animador — disse o tenista ao jornal inglês "The Guardian". Os caddies são algo como assistentes dos golfistas profissionais: carregam bolas e tacos, fornecem conselhos e dão apoio moral. E é esse tipo de experiência que Murray gostaria de viver. Outra opção, segundo ele, seria trilhar passos no futebol:

— (Gostaria de) ficar perto de grandes golfistas e aprender sobre outro esporte. Talvez haja algumas coincidências entre os dois esportes (tênis e golfe) pelo lado mental e coisa assim, então eu poderia ajudar um jogador de golfe. Ou ganhar as certificações como técnico de futebol. Isso seria divertido de se fazer — avaliou.

O escocês de 33 anos anunciou na última sexta-feira que não jogará o Miami Open após contrair uma lesão na virilha enquanto dormia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários