Tamanho do texto

Investigações concluíram que Diego Matos teria participado de esquema de venda de resultados de suas partidas e processo não cabe mais recursos; veja

O tenista brasileiro Diego Matos foi banido na última segunda-feira (08) e nunca mais poderá participar de qualquer competição profissional de tênis por casos de aposta no esporte. A decisão, divulgada pela Tennis Integrity Union, veio após longa investigação envolvendo o atleta, que teria participado de um esquema de venda de resultados de suas partidas.

Leia também: Homem se passa por irmão de tenista famosa e aplica golpe de US$ 42 mil

tenista arrow-options
Reprodução/Instagram
Tenista brasileiro está banido definitivamente do esporte


Leia também: Novak Djokovic, o maior tenista de todos os tempos

Diego Matos , além de estar banido do esporte, também terá que pagar uma multa no valor de US$ 125 mil, equivalente a R$ 511 mil, e precisa devolver US$ 12 mil, cerca de R$ 50 mil, referentes à premiação de torneios disputados no Equador, onde o tenista é acusado de ter feito combinação de resultados.

Membro da Tennis Integrity Union, Richar McLaren concluiu que Diego combinou o resultado de 10 partidas realizadas em 2018 no Brasil, Sri Lanka, Equador, Portugal e Espanha. Além disso, o atleta também não cooperou com as investigações.

Leia também: Após doping, Bia Haddad faz exame que não aponta irregularidades; entenda

O tenista estava suspenso desde o dia 6 de setembro de 2018, durante as investigações. Por conta disso, ele está banido em definitivo  e o processo não cabe recurso.