Tamanho do texto

Damir Dzumhur, número 29 do mundo, não percebeu que jovem gandula corria para pegar bola e o derrubou durante partida da terceira rodada

Cenas curiosas em partidas de tênis são bem comuns. A última delas aconteceu nesta sexta-feira, durante a partida entre o tenista bósnio Damir Dzumhur e o alemão Alexander Zverev, pela terceira rodada de Roland Garros , o segundo Grand Slam do ano.

Leia também: Marcelo Melo é escolhido o Melhor Atleta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2017

O tenista bósnio Damir Dzumhur se choca com jovem gandula durante partida de Roland Garros
Reprodução
O tenista bósnio Damir Dzumhur se choca com jovem gandula durante partida de Roland Garros

Quando Dzumhur estava se preparando para recuperar uma bola fora de jogo que vinha do alto o tenista acabou se chocando um um garoto gandula que corria na direção contrária. O jovem caiu no chão e demorou para se recuperar após a batida, que foi forte.

Leia também: O drama de Genie Bouchard, a bela do tênis que vem perdendo patrocinadores

Assista ao momento abaixo

O bósnio então, claramente envergonhado, juntamente com outro funcionário de Roland Garros, ajudou o menino a se levantar e deu um beijo e um abraço como forma de desculpa. Em seu Instagram, Dzumhur publicou um agradecimento, parabenizou Zverev e ainda disse: "... e desculpas ao gandula. Estou feliz que ele está bem".

Leia também: Serena Williams é a única mulher no Top 100 dos atletas mais bem pagos do mundo

Além do lance insólito, o tenista , que é o número 29 do mundo, perdeu o duelo com o alemão, terceiro no ranking da ATP, por 3 sets a 2, com parciais de 6-2, 3-6, 4-6, 7-6 e 7-5. Roland Garros é disputado nas quadras da capital francesa, Paris, e tem como atual e maior vencedor o espanhol Rafael Nadal, com dez conquistas.