Tamanho do texto

Suíço pecisou de pouco mais de 2 horas para passar pelo búlgaro e enfrentará Dominic Thiem por uma vaga na final

Roger Federer está na semifinal do ATP 250 de Brisbane
Chris Hyde/Getty Images
Roger Federer está na semifinal do ATP 250 de Brisbane

O suíço Roger Federer, primeiro cabeça-de-chave do ATP 250 de Brisbane (Austrália), se classificou para as semifinais ao derrotar por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 6-7 (4) e 6-4, o búlgaro Grigor Dimitrov, em sua segunda partida do ano.

Se no primeiro encontro do ano Federer necessitou de apenas 55 minutos para derrotar o alemão Tobias Kamke, nesta sexta-feira o suíço teve um trabalho duro e precisou de 2h08m para derrotar o búlgaro, que perdeu nas quatros vezes em que se enfrentaram.

A partida desta sexta-feira reeditou o duelo das semifinais do ano passado, quando Federer, defendendo o título, venceu Dimitrov por um duplo 6-2.

Nas semifinais deste ano o suíço enfrentará o austríaco Dominic Thiem, número 20 do ranking mundial, que avançou ao derrotar o croata Marin Cilic por 2 sets a 1, com parciais de 2-6, 7-6 (4) e 6-4.

A outra semifinal será disputada entre o canadense Milos Raonic, quarto cabeça-de-chave, e o australiano Bernard Tomic.

Raonic venceu o francês Lucas Pouille com um duplo 6-4, e Tomic, sétimo favorito, venceu o número dois do torneio australiano, o japonês Kei Nishikori, por 6-3, 1-6 e 6-3.