Tamanho do texto

Jovem mesatenista ainda venceu, juntamente com Gustavo Tsuboi, o torneio de duplas e subiu duas vezes ao lugar mais alto do pódio em São Paulo

Brasileiro mais bem colocado no ranking mundial de tênis de mesa, na 25ª colocação, o jovem Hugo Calderano conquistou mais um título neste domingo, em São Paulo. Na final do individual do Aberto do Brasil, válido pela etapa Challenge da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), o carioca bateu o indiano Amalraj Anthony, número 147 no ranking, por 4 sets a 1, com parciais de 14/12; 9/11; 11/7; 11/7 e 11/5 e sagrou-se campeão.

Leia também: Brasileiro tem medalha paralímpica furtada e faz apelo: "Representa muita coisa"

Calderano chegou ao Brasil para disputar a primeira etapa do circuito mundial da ITTF após uma lesão muscular na perna direita, que ele sentiu no começo de fevereiro e foi o motivo de, à época, ficar fora do Aberto do Catar.

Hugo Calderano vibra com a torcida que foi ao Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo
Christian Martinez / RGB Studios / CBTM
Hugo Calderano vibra com a torcida que foi ao Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo

"Foi um grande desafio. Estou voltando de lesão e tive um jogo muito difícil logo na primeira rodada (contra o eslovaco Thomas Keinath). Fui crescendo na competição e consegui apresentar meu melhor nível na decisão", disse.

"Ele (Amalraj Anthony) gosta de um jogo bem rápido, então, não podia ficar só trocando bola com ele. Tinha que colocar muita pressão nas primeiras bolas. Ele fica bem próximo da mesa, então, se eu me afastasse, ele já me mataria. Tive que me concentrar bastante no saque e recepção e também nas primeiras bolas", acrescentou.

Duplas

E o título no individual foi o segundo do mesatenista no Aberto do Brasil. Mais cedo, a dupla formada por Hugo juntamente com Gustavo Tsuboi, 104 no ranking, venceu a parceria formada pelo alemão Patrick Baum, 84, e o eslovaco Thomas Keinath, 195, por 3 sets a 0, com parciais de 11/8; 11/7 e 11/9, e garantiu, novamente, o lugar mais alto do pódio.

"Não deixamos dúvidas de que estamos no topo, entre os melhores do mundo. Não perdemos nenhum set. Fico muito feliz com essa continuidade, chegando à final também nos últimos torneios", disse Calderano.

Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi confirmaram o favoritismo para conquistarem o ouro no  Aberto do Brasil
Christian Martinez/RGB Studios/CBTM
Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi confirmaram o favoritismo para conquistarem o ouro no Aberto do Brasil

Leia também: Brasileiro é eleito quinto melhor jovem estrangeiro do beisebol por liga dos EUA

Tsuboi salientou que o resultado aponta que a dupla brasileira pode ter ainda mais pódios em breve, exaltando o entrosamento com Calderano.

"Não perdemos nenhum set, todos os jogos vencemos por 3 a 0 e vencemos mais um título, o que mostra que temos potencial para sempre estarmos brigando por novas conquistas. Acho que fazemos uma combinação muito boa, já começa pelo fato de ser um canhoto e um destro. Na dupla conta muito o saque e recepção, e isso eu consigo fazer bem. O Hugo é um jogador de muita força, então, conta muito fazer um bom saque e ele já consegui atacar bem. Nós dois, somos jogadores bem agressivos", afirmou.

Feminino

No feminino, Bruna Takahashi, atual número 206 do ranking e Lin Gui, número 127, fizeram um bom jogo, mas acabaram derrotadas para a parceria formada pela francesa Audrey Zarif, número 181, e pela romena Bernadette Szocs, 59, por 3 sets a 0, com parciais de 13/11; 12/10 e 11/8.

"Conseguimos jogar bem, mesmo com algumas dificuldades. Mas falhamos em algumas bolas que tivemos chances e isso fez a diferença. Como faz tempo que não atuávamos juntas, acho que, nesse torneio, conseguimos nos entrosar bem", salientou Bruna. Lin, por sua vez, não escondeu a decepção, mas ressaltou que o resultado pode trazer aprendizado à dupla brasileira.

"Neste momento, estou triste. Acabamos errando em detalhes que podiam ter mudado o resultado do jogo. Mas temos de olhar as coisas pelo lado positivo e ver o que podemos aprender com a derrota".

Leia também: Calderano e Tsuboi conquistam ouro inédito para o tênis de mesa brasileiro

Este foi o segundo título da dupla brasileira masculina, que já havia conquistado o ouro no Aberto da Suécia, no fim do ano passado. Além disso, eles ficaram com a prata no Aberto da Hungria, no início deste ano. Atualmente, Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi formam a terceira melhor dupla do mundo, atrás apenas dos japoneses Masataka Morizono e Yuya Oshima e dos chineses Xu Xin e Zhang Jike.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.