Tamanho do texto

Jovem carioca de 22 anos de idade teve sua primeira vitória em seu segundo evento do Big Wave Tour, o campeonato mundial de ondas gigantes

Lucas Chianca, mais conhecido como Lucas Chumbo, venceu o Big Wave Tour de Nazaré
WSL/ Antoine Justes
Lucas Chianca, mais conhecido como Lucas Chumbo, venceu o Big Wave Tour de Nazaré

O jovem surfista de Saquarema (RJ), Lucas Chianca, mais conhecido como Lucas Chumbo, levou a melhor e conquistou mais uma vitória surpreendente e inédita para o Brasil na WSL. O atleta de 22 anos de idade foi o campeão do Big Wave Tour Nazaré Challenge, neste último domingo (11) em Portugal . O brasileiro teve o melhor desempenho nas ondas gigantes de 25 a 35 pés, passando dos 10 metros de altura na Praia do Norte.

Leia também: Ex-top da elite do surfe sofre acidente grave no Havaí; assista o vídeo

Na bateria final, Lucas Chumbo derrotou o atual campeão mundial do WSL Big Wave Tour, Grant “Twiggy” Baker, da África do Sul, o vencedor do Puerto Escondido Challenge 2017/2018 no México, Kai Lenny, o também havaiano Billy Kemper bicampeão do Pe´ahi Challenge, além de outras duas surpresas como ele, o basco Natxo Gonzalez e o igualmente jovem havaiano Nathan Florence, irmão do bicampeão mundial John John Florence.

Leia também: Surfista de ondas gigantes morre em acidente de carro no México

“Estou muito feliz por ganhar este evento e obrigado a todos pelo apoio”, disse o surfista brasileiro. “Agradeço pela oportunidade de participar deste evento e, ganhar de todos esses caras que competem tão bem nestas condições, é muito louco, quase inacreditável. Foi difícil porque, quando você recebe a chamada para os eventos do BWT, é no último minuto. Nós voamos para cá assim que recebemos a ligação, cheguei um pouco cansado e depois fomos direto para a competição no dia seguinte. As ondas de ontem (sábado) estavam assustadoras e hoje estava a mesma coisa, então foi um grande campeonato e obrigado a todos”.

Leia também: Neymar consola amigo Gabriel Medina após vice no Mundial de Surfe

Mundial de ondas gigantes

Com a vitória no Nazaré Challenge, Lucas Chumbo já aparece em quinto lugar no ranking do WSL Big Wave Tour 2018, encabeçado pelos havaianos Billy Kemper em primeiro lugar, Kai Lenny em segundo, Ian Walsh em terceiro e Makuakai Rothman. Kai Lenny abriu a grande final de uma hora de duração com uma onda fraca de 3,83 pontos. A próxima série entrou com o experiente Grant Baker dividindo o pico com Lucas. O sul-africano só conseguiu um 3,50, mas a onda do brasileiro foi melhor e valeu 7,33, a maior da bateria.

    Leia tudo sobre: surfe