Tamanho do texto

Craque do Paris Saint-Germain foi um dos que ficaram indignados com avaliações dos juízes da WSL em relação às notas de John John Florence

Neymar e Gabriel Medina são amigos e sempre apoiam uns aos outros em seus respectivos esportes
Reprodução
Neymar e Gabriel Medina são amigos e sempre apoiam uns aos outros em seus respectivos esportes

Gabriel Medina e John John Florence são os únicos nomes na briga pelo título mundial de surfe de 2017. A última etapa do ano em Pipeline, no Havaí, é que vai decidir quem é que leva o troféu, o brasileiro ou o surfista local. E nesta altura do campeonato e o caneco como tudo ou nada, qualquer erro técnico pode ser um perigo.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre surfe e o estilo de vida do esporte

Os rounds 2 e 3 foram polêmicos. Alguns não concordaram com as notas dadas a Medina, na bateria contra Josh Kerr. No entanto, muitos foram contra a classificação de John John em cima de Ethan Ewing. O atual campeão mundial de surfe venceu o australiano por 0,07 pontos de diferença. E um dos muitos indignados, foi Neymar Jr.

Em uma publicação no Instagram, a WSL (World Surf League) mencionou os dois finalistas ao título. O camisa 10 do Paris Saint-Germain, por sua vez, foi até o perfil da liga e mostrou sua indignação com as notas dadas ao havaiano líder do ranking. Além disso, mostrou seu apoio ao amigo surfista de Maresias.

LEIA TAMBÉM: Surfistas prestam homenagem a Jean da Silva no Havaí; assista vídeo emocionante

Neymar se revoltou com as notas dadas a John John Florence no Mundial de Surfe e mostrou seu apoio a Gabriel Medina
Reprodução/ Instagram
Neymar se revoltou com as notas dadas a John John Florence no Mundial de Surfe e mostrou seu apoio a Gabriel Medina

"Dá o título pro John John logo. Hoje foi feio demais! Vamos Gabriel Medina, contra tudo e contra todos! Vai dar você", escreveu Neymar.

Apesar de toda a polêmica após a bateria, John John não comentou sobre as avaliações dos juízes. "Foi uma bateria definitivamente louca e bem apertada. O Ethan é um grande surfista. Ganhar baterias assim é meio estranho. Termina muito próximo... Eu obviamente estou muito feliz de ter avançado no evento. Mas estava bastante difícil lá fora. Está difícil achar ondas boas. Quero dizer, está tudo lindo e tem boas ondas, mas está difícil de encontrá-las", disse o líder do ranking.

LEIA TAMBÉM: Conheça Rafaella Teixeira, promessa do surfe e atleta do Instituto Gabriel Medina

Briga pelo título

O atual campeão mundial de surfe John John Florence tem a vantagem. Líder do ranking com 53,350 pontos, o havaiano vai estar em casa e se fizer final no Billabong Pipe Masters , leva o caneco. Segundo colocado com 50,250, Gabriel Medina precisa vencer a etapa e torcer para que o adversário não termine em 3º lugar

    Leia tudo sobre: surfe futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas