Tamanho do texto

Circuito masculino e feminino terão novidades, dentre elas, a piscina artificial de ondas de Kelly Slater vai receber evento da elite do esporte

Mundial de surfe troca Trestles por piscina de ondas de Kelly e Indonésia por Fiji
WSL/ Kelly Cestari
Mundial de surfe troca Trestles por piscina de ondas de Kelly e Indonésia por Fiji

A World Surf League divulgou oficialmente o calendário de eventos para a temporada de 2018. E depois de algum tempo com campeonatos fixos, o mundial de surfe masculino vai contar com algumas mudanças. Uma das novidades fica por conta da inclusão da piscina de ondas de Kelly Slater em Leemore, na Califórnia, que vai substituir o evento em Trestles. Além disso, a Indonésia vai substituir o evento em Fiji.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

A elite do surfe feminina também terá mudanças no calendário. As mulheres vão poder competir em Jeffreys Bay, na África do Sul, entrando na vaga da etapa feminina de Cascais, em Portugal. No entanto, a prova portuguesa e a de Trestles poderão retornar ao calendário no futuro.

“Estamos entusiasmados com o lançamento do calendário 2018, que inclui algumas mudanças importantes projetadas para garantir que continuemos a definir os campeões mundiais nas melhores ondas do mundo, visando também oferecer investimentos de longo prazo para o esporte”, disse Sophie Goldschmidt, CEO da WLS.

“A Indonésia é considerada como a casa das ondas 'world-class' e é um lugar onde a Liga está explorando oportunidades de longo prazo. A etapa de Bali em Keramas vai substituir a de Fiji, que está no Dream Tour há muitos anos e pode retornar no futuro se conseguirmos o apoio necessário do governo de Fiji para levar os melhores do mundo para Cloudbreak e Restaurants. Keramas é um lugar fantástico também, então estamos felizes em termos uma etapa lá em 2018”, afirmou.

Kelly Slater no Surf Ranch, sua piscina de ondas artificiais na Califórnia
Divulgação/ Kelly Slater Wave Company
Kelly Slater no Surf Ranch, sua piscina de ondas artificiais na Califórnia

A CEO da liga responsável pelo esporte ainda justificou as mudanças do circuito feminino. “Além disso, estamos ansiosos para ver as melhores surfistas do mundo competindo em Jeffreys Bay na próxima temporada, acompanhando os homens na icônica onda sul-africana. Trestles (EUA) e Cascais (PRT) não estarão no circuito em 2018 e foram decisões difíceis de tomar para a Liga, pois são dois lugares já tradicionais. No entanto, continuaremos buscando apoios para que essas duas praias retornem ao calendário da WSL em algum nível nas próximas temporadas”, completa Sophie Goldschmidt.

LEIA TAMBÉM: Surfista britânico fratura costela após ser atingido por onda de quase 20 metros; assista vídeo

Calendário masculino da WSL 2018:

1º Março 11-22: Quiksilver Pro Gold Coast em Snapper Rocks, Austrália
2º Março 28-08 Abril: Rip Curl Pro Bells Beach em Victoria, Austrália
3º Abril 11-22: Margaret River Pro em Margaret River, Austrália
4º Maio 10-19: Oi Rio Pro na Praia de Itaúna, Saquarema (RJ), Brasil
5º Maio 27-09 Junho: Bali Pro em Keramas Beach, Bali, Indonésia
6º Julho 02-13: Corona Open J-Bay em Jeffreys Bay, África do Sul
7º Agosto 10-21: Tahiti Pro em Teahupoo, Taiti
8º Setembro 05-09: Surf Ranch em Lemoore, Califórnia, Estados Unidos
9º Outubro 03-14: Quiksilver Pro France em Hossegor, França
10º Outubro 16-27: Meo Rip Curl Pro Portugal em Supertubos, Cascais
11º Dezembro 08-20: Billabong Pipe Masters em Banzai Pipeline, Oahu, Havaí

Calendário feminino da WSL 2018:

1º Março 11-22: Roxy Pro Gold Coast em Snapper Rocks, Austrália
2º Março 28-08 Abril: Rip Curl Women´s Pro Bells Beach em Victoria, Austrália
3º Abril 11-22: Margaret River Pro em Margaret River, Austrália
4º Maio 10-19: Oi Rio Pro na Praia de Itaúna, Saquarema (RJ), Brasil
5º Maio 27-09 Junho: Bali Pro em Keramas Beach, Bali, Indonésia
6º Julho 10-17:Corona Open J-Bay em Jeffreys Bay, África do Sul
7º Julho 30-05 Agosto: Vans US Open of Surfing em Huntington Beach, Califórnia, EUA
8º Setembro 05-09: Surf Ranch em Lemoore, Califórnia, Estados Unidos
9º Outubro 03-14: Roxy Pro France em Hossegor, França
10º Novembro 25-06 Dezembro: Hawaii Women´s Pro em Honolua Bay, Maui, Havaí

LEIA TAMBÉM: Conheça Rafaella Teixeira, promessa do surfe e atleta do Instituto Gabriel Medina

Como de praxe, o circuito masculino do mundial de surfe terá fim em Pipeline , ilha de Oahu. A última etapa no Havaí acontece em memória ao tricampeão Andy Irons. Já a campeã feminina será definida em Honolua Bay, na ilha de Maui, também no Havaí.

    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.