Tamanho do texto

Local do Guarujá garantiu mais 6000 no ranking do Qualifying Series e aumentou a liderança com quase o dobro de pontos do segundo colocado

Jessé Mendes se mantém invicto no ranking do QS, a divisão de acesso à elite do surfe
WSL/ Robertson
Jessé Mendes se mantém invicto no ranking do QS, a divisão de acesso à elite do surfe

Jessé Mendes conquistou sua segunda vitória desta temporada em etapas do QS 6000 e praticamente garantiu uma das dez vagas de acesso à elite do surfe para disputar o circuito mundial em 2018. Com o título no Gotcha Ichinomiya Chiba Open neste último domingo (28), no Japão, o paulista aumentou a liderança no ranking e se mantém invicto, com quase o dobro dos pontos do segundo colocado, o japonês Hiroto Ohhara.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

Esta foi a terceira etapa realizada este ano com status QS 6000 e Jessé fez final em todas, perdendo apenas a primeira, para o catarinense Yago Dora durante a final verde-amarela em Newcastle, na Austrália. Uma semana depois, venceu o Australian Open of Surfing, em Sydney, com um show de surfe .

"Eu consegui um grande feito com duas vitórias em três finais, mas não vou descansar e vou continuar concentrado para buscar grandes resultados ainda", disse Jessé Mendes . "Eu já cheguei perto de me qualificar para o CT algumas vezes, então não quero deixar passar mais uma chance. Ainda tem muitos eventos importantes pela frente para mim este ano".

Na decisão no Japão, o local do Guarujá barrou o australiano Cooper Chapman por 16.16 (9.33 + 6.83) a 14.06 (6.93 + 7.13) e levou o prêmio de 25 mil dólares. Apesar das ondas pequenas de meio metro de altura do domingo em Shida Point, elas apresentavam uma boa formação para fazer manobras usando a borda da prancha e até aéreas também.

"Embora eu gostasse mais se tivesse vencido a final, foi um grande resultado para mim e estou feliz por ter subido para o quinto lugar no ranking", disse Cooper Chapman, que saltou da 59.a para a quinta posição no WSL Qualifying Series, com os 4.500 pontos do segundo lugar no Japão.

LEIA TAMBÉM: Destaque em Saquarema, Yago Dora vai correr etapa mundial de surfe em Fiji

Confira o atual ranking do QS:

1º Jessé Mendes (BRA): 16.980 pontos
2º Hiroto Ohhara (JAP): 8.830
3º Jorgann Couzinet (FRA): 8.810
4ª Yago Dora (BRA): 8.630
5º Cooper Chapman (AUS): 6.995
6º Soli Bailey (AUS): 6.680
7º Ian Crane (EUA): 6.630
8º Keanu Asing (HAV): 6.400
9º Griffin Colapinto (EUA): 5.950
10º Mitch Coleborn (AUS): 5.750

LEIA TAMBÉM: Conheça pai da sensação da etapa brasileira de surfe e treinador de Mineirinho

No final da temporada, os dez melhores da divisão de acesso vão se unir aos atletas da elite do surfe e competir o circuito mundial de 2018. A última etapa do QS acontece somente em 25 de novembro, no QS 10000 Vans World Cup, em Sunset Beach, Havaí.

    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.