Tamanho do texto

Na decisão acirrada em Keramas, Brent Dorrington levou a melhor em cima do surfista local Rio Waida, de 17 anos de idade

Brent Dorrington (de vermelho) é campeão do QS Komune Bali Pro
WSL/ Scott Hammond
Brent Dorrington (de vermelho) é campeão do QS Komune Bali Pro

O último dia do QS Komune Bali Pro 2017 apresentou as melhores condições para os oito atletas que restavam no evento. Com tubos de quatro a cinco pés, quem levou a melhor foi Brent Dorrington e somou 1 mil pontos no ranking da divisão de acesso à elite do surfe. No entanto, vale dar destaque ao brasileiro Adriano de Souza.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

Campeão mundial de surfe em 2015, Mineirinho arrancou duas notas 10 na mesma bateria das quartas de final, descartando ainda um 9 e um 7.67. Embora tenha sido barrado na semifinal, Adriano de Souza também mostrou que vem treinando forte e pontuou um 9.50 e 9.10. Mas o somatório de 18.60 não foi o suficiente para bater Brent Dorrington, que virou na última onda e somou 19.03.

Adriano de Souza, campeão mundial de surfe em 2015
WSL/ Tim Hain
Adriano de Souza, campeão mundial de surfe em 2015

"Queria fazer a final, desejava que fosse uma bateria de 25 minutos, mas parabéns a Brett, ele estava quebrando", disse Adriano de Souza. "Tive bons momentos neste evento, estou feliz por ter vindo. É muito divertido, fiz a minha primeira bateria perfeita, com 20 pontos, e agora estou empolgado para ir ao Brasil para o CT. Estarei de volta no próximo ano, com certeza", completou.

LEIA TAMBÉM: Medina trata lesão no joelho para ficar 100% na etapa do mundial de surfe no Rio de Janeiro

Decisão

Na grande final, o australiano campeão enfrentou o local Rio Waida de 17 anos de idade. O indonésio já tinha deixado o surfista da elite Sebastian Zietz para trás na semi e mostrou o porquê é uma das promessas do esporte. Sem deixar fácil para o australiano de 30 anos.

No fim dos 35 minutos de confronto, Brent Dorrington acabou vencendo Rio Waida por uma pequena diferença de 0.11. O australiano somou 7.50 e 9.17, enquanto o jovem indonésio anotou 8.83 e 7.73.

LEIA TAMBÉM: Surfista é atacado na Flórida enquanto usava pulseira 'repelente' de tubarão

"Uau, que dia!", disse Dorrington. "Este é o único campeonato de surfe que sempre quis vencer. É uma das minhas ondas favoritas, foi patrocinado pela The Mad Hueys e estou com todos os meus melhores amigos aqui. Rio me venceu por um momento, pensei que tudo tivesse acabado, mas pude reagir e conseguir a vitória. Agora é hora de celebrar", disse Dorrington.

    Leia tudo sobre: surfe