Tamanho do texto

Em 2016, o australiano participou de apenas cinco eventos do tour, mas neste ano promete correr todas as 11 etapas

Mick Fanning, tricampeão mundial de surfe
WSL/ Kelly Cestari
Mick Fanning, tricampeão mundial de surfe

O australiano Mick Fanning anunciou sua volta oficial ao circuito mundial. Depois de competir apenas cinco das onze etapas da elite do surfe em 2016, o surfista afirmou que vai partipar de todos os eventos e ainda brigar pelo título de 2017.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

"Foi bom tirar o ano de 2016 para descansar e me recompor, agora estou ansioso para competir novamente", afirmou o tricampeão mundial de surfe . "Eu venho para 2017 na 18ª posição, o que será uma mudança para mim."

Aos 35 anos, o surfista elogiou ainda o nível de competição do tour de 2017. "Eu estou muito empolgado com a lista de surfistas deste ano, deve ser a melhor formação dos top 34 que já tivemos", disse Fanning. "Eu também acredito que há um alto número de homens na briga pelo título e eu espero fazer parte desta disputa".

"2015 foi um ano muito difícil. Muita coisa aconteceu na minha vida profissional e pessoal. Eu me senti exausto no final de tudo", disse. Naquele ano, durante a etapa do J-Bay Open, na África do Sul, o australiano foi vítima de um ataque de tubarão. Além disso, perdeu seu irmão mais velho e ainda chegou perto de alcançar o título mundial.

LEIA TAMBÉM: Italiano pega uma das maiores ondas do mundo em Portugal; assista

Na briga

Mick Fanning
WSL/ Kelly Cestari
Mick Fanning

O maior surfista de todos os tempos, não tem dúvidas sobre a volta de Fanning e aposta no colega. O 11 vezes campeão mundial Kelly Slater está entusiasmado com o retorno do australiano. "Se Mick estiver 100%, eu o colocaria no topo. Você seria bobo de não pensar que ele é top 3", afirmou o norte-americano.

LEIA TAMBÉM: Kelly Slater polemiza ao pedir morte de tubarões; veja o porquê 

Mundial

O circuito mundial de surfe de 2017 tem início marcado para o próximo dia 14 de março, em Gold Coast, na Austrália. As três primeiras etapas do ano acontecem no país de Mick Fanning, seguidos por Margareth River e Bells Beach, nesta ordem. Em maio, a elite do surfe compete a quarta etapa no Rio de Janeiro. 

    Leia tudo sobre: surfe