Tamanho do texto

Ramom Melo, 25 anos, sofreu um AVC enquanto fazia musculação; leia mais

Nadador Ramom Melo (à direita) foi campeão dos 50 livre no Multinations
Reprodução
Nadador Ramom Melo (à direita) foi campeão dos 50 livre no Multinations

A natação brasileira está de luto. Nesta última terça-feira (27) o atleta Ramom Melo faleceu depois de sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral), causado por tumor cerebral. De acordo com o portal "A Voz da Cidade", o nadador teve um mal súbido enquanto fazia musculação em uma academia no estado norte-americano do Texas, onde morava.

LEIA TAMBÉM: Medalhista olímpica busca namorado e fica peladona em reality show na Holanda

Aos 25 anos de idade, Ramom era formado em engenharia pela Southern Methodist University, nos Estados Unidos, e por isso, lá residia. A família do nadador foi ao país para que pudessem realizar o desejo do atleta de doar seus órgãos e ao menos 100 pessoas serão beneficiadas com a causa.

Embora o carioca tenha nascido em Barra Mansa, a família de Ramom morava em Itatiaia. O periódico local o descreve como "um nadador conhecido na região e muito querido no meio esportivo".

O jovem Ramom Melo se formou em engenharia pela Southern Methodist University (SMU), em Dallas, Texas (EUA)
Reprodução/ Facebook
O jovem Ramom Melo se formou em engenharia pela Southern Methodist University (SMU), em Dallas, Texas (EUA)


LEIA TAMBÉM: Michael Phelps perde desafio contra tubarão branco; assista o vídeo

Ramom Melo foi campeão e recordista dos 50 metros livres no Multinations e já fez provas de revezamento ao lado do campeão olímpico César Cielo. No Brasil, foi revelado pelo Clube da Siderúrgica de Volta Redonda, onde mais tarde foi para o Minas Tênis Clube e depois para o Flamengo. Este último, publicou uma nota de pesar em seu site oficial.

Leia na íntegra a nota de pesar do Flamengo:

"O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento do ex-atleta da Natação Rubro-Negra, Ramom Melo. Ramom conquistou a medalha de ouro pelo Mais Querido no revezamento 4x100 no Troféu Maria Lenk, em 2010, ao lado do campeão olímpico Cesar Cielo.

LEIA TAMBÉM: Atleta envolvida em polêmica sexual no Rio 2016 posa para fotos sensuais

O atleta veio a falecer, aos 25 anos, vítima de um AVC. O Flamengo envia condolências à familia e amigos e agradece seu imenso esforço enquanto vestiu o Manto Sagrado" , escreveu o clube sobre o nadador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.