Tamanho do texto

Português Célio Dias disse que teve um surto psicótico depois de fracassar na competição de judô dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

Célio Dias é atleta português do judô e esteve no Rio 2016
Arquivo pessoal
Célio Dias é atleta português do judô e esteve no Rio 2016

O judoca português Célio Dias , bastante conhecido no seu país, fez revelações surpreendentes em entrevista concedida ao diário esportivo Record. O atleta esteve nos Jogos Olímpícos do Rio de Janeiro em 2016 com a expectativa de levar uma medalha, mas foi eliminado logo no primeiro combate - e aí começou sua descida para quase alcançar o fundo do poço.

Leia também: Vítima de tiroteio na Flórida é enterrado com camisa de astro do Miami Heat

"Eu não estava preparado para perder. Estava em grande fase e pensei que a medalha no Rio 2016 era certa", disse o atleta que atualmente está com 25 anos de idade. "Sofri um surto psicótico, perdi o contato com a realidade e comecei a produzir alguns sentimentos irreais", completou.

Leia também: Boxeador morre dois dias após luta, com suspeita de hemorragia cerebral

Célio Dias em ação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro
Rio 2016/REPRODUÇÃO
Célio Dias em ação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

Depois de passar por tratamento médico, Célio foi diagnosticado com um síndrome esquizo compulsiva e teve uma forte depressão. "Tentei me suicidar duas vezes, mas consegui superar isso e estou aqui para contar a minha história", avaliou o judoca, que ficou internado na ala psiquiátrica do Hospital Garcia da Orta, localizado na cidade de Almada. Ele teve uma recaída e terá que usar medicação para o resto da vida. 

Leia também: Por pouco! Esquilo invade pista e é quase atropelado em prova de snowboard

Come on! :) Célio Dias, Judica SL Benfica #judo #judoportugal #benfica

Uma publicação compartilhada por Célio Dias (@celiojudo) em

Gay assumido e foco em 2020

Na entrevista, Célio Dias falou abertamente sobre a sua orientação sexual, dizendo que "sempre se entendeu como homossexual ", e aproveitou para dizer que fará de tudo para estar nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.  "Acho que vou conseguir. Tenho mais um ano para me qualificar e é nesse período que os resultados nas provas são mais valiosos no ranking", finalizou o atleta português.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.