Tamanho do texto

Garotinha estava na arquibancada rebaixada, que não possui rede de proteção, e foi alvo de uma rebatida em altíssima velocidade; confira

Garota é retirada do estádio do Yankees após bolada
Reprodução
Garota é retirada do estádio do Yankees após bolada

Um incidente marcou a partida entre Minnesota Twins e New York Yankees nesta última quarta-feira (20). Durante a quinta entrada, um jogador do time de Nova York acertou uma bela rebatida que foi parar nas arquibancadas, mas a bolada acabou atingindo uma criança. Chorando muito e sangrando, a pequena garota precisou ser levada ao hospital.

LEIA TAMBÉM: Jogador de beisebol acerta tacada no próprio rosto e fratura o nariz; veja vídeo

O local em questão onde a criança estava, não havia redes de proteção e logo após a bolada , Todd Frazier ficou devastado com o acontecimento. A rebatida atingiu 193 km/h e outros atletas, de ambos os times, também se comoveram enquanto os médicos do Yankee Stadium prestavam socorro.

Assista o vídeo:

Depois do fim da partida, que terminou em 11 a 3 para o time local, os jogadores levantaram questões sobre as seguranças do estádio, já que diversas áreas do estádio do Yankees não têm proteção .

LEIA TAMBÉM: MLB investiga equipe por usar relógio digital e tirar vantagem de adversário

"Nós estamos insistindo para que coloquem redes. Em primeiro lugar, não se deve trazer crianças para esses locais mais baixos. Em segundo lugar, todos os estádios precisam de redes. É isso. Não podemos nos preocupar com a visão dos torcedores e outras coisas. Isso é uma questão de segurança ", disse Brian Dozier, jogador do time de Minnesota.

Todd Frazier, autor da rebatida
Reprodução
Todd Frazier, autor da rebatida

Já o rebatedor, falou sobre seu sentimento. "Eu pensei nas minhas crianças. Eu tenho dois filhos e a única coisa que quero é que fique tudo bem com ela. Eu sei que quem estava ao lado dela deve ter tentado ao máximo evitar que a bola a atingisse, mas é muito rápido e vem com efeito. É muito complicado", disse Todd Frazier.

LEIA TAMBÉM: Gatinho invade jogo de beisebol e dá mordida quando tentam tirá-lo de campo

Outros casos

Esta não é a primeira vez que um torcedor é atingido no estádio em NY. Em maio deste ano, um garoto foi acertado por um pedaço de taco que havia quebrado e em julho, um homem foi atingido com uma bolada na cabeça. Após estes incidentes, o New York Yankees já tinha divulgado planos futuros de aumentar as redes de proteção para 2018, mas pode ser que a proposta se transforme em realidade antes do esperado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.