Hamilton e Verstappen viveram fortes emoções na última temporada da Fórmula 1
Reprodução/Twitter
Hamilton e Verstappen viveram fortes emoções na última temporada da Fórmula 1

As polêmicas envolvendo o Grande Prêmio de Abu Dhabi da Fórmula 1, realizado no dia 12 de dezembro de 2021, continuam até os dias atuais. Na ocasião, o holandês Max Verstappen , da Red Bull Racing, acabou sendo o vencedor da corrida, se consagrando o campeão da temporada da categoria , desbancando o heptacampeão mundial Lewis Hamilton , da Mercedes.

Um dos mais criticados por conta de sua atuação neste GP, foi o australiano Michael Masi (confira galeria de fotos abaixo) , diretor de provas da Fórmula 1. O chefe esportivo da comissão de monopostos da categoria, Peter Bayer, revelou que a FIA estuda a possibilidade de uma demissão de Masi.


"Michael fez um super trabalho de várias maneiras. Dissemos isso a ele. Mas também existe a possibilidade de haver um novo diretor de corridas. Também consideramos dividir as tarefas do diretor de corrida, que também atua como diretor esportivo, delegado de segurança e de pista. É muita coisa. Isso reduz a carga sobre ele", comentou Peter.

Leia Também

As investigações para apurar o caso começaram no último dia 13. Os resultados serão divulgados pela FIA em fevereiro, e as decisões tomadas devem ser reveladas em março.

Secretário-geral esportivo da FIA, Bayer foi nomeado como chefe esportivo da comissão de monopostos, cargo que pertencia a Michael Masi desde 2020. Ele também será o novo responsável por "revisar e otimizar a estrutura da Fórmula 1".

No entanto, Michael Masi mantém-se, até segunda ordem, como diretor de corridas, função que passou a desempenhar no ano de 2019, logo após a morte do britânico Charlie Whiting.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários