Medina e Yasmin Brunet
Reprodução / Instagram
Medina e Yasmin Brunet

Yasmin Brunet postou uma mensagem para o marido, o surfista Gabriel Medina, de 28 anos, em sua conta no Instagram, nesta terça-feira, um dia após ele anunciar que não participará da disputa das primeiras etapas do circuito mundial de surfe da World Surf League (WSL) por conta de sua "saúde física e mental". Ela fez um desabafo sobre saúde mental, as batalhas com depressão e ansiedade, e mostrou apoio ao marido. "A melhor escolha que ele poderia ter feito e tem todo o meu apoio", diz um trecho da publicação.

Veja abaixo galeria de fotos de Medina:


Em um longo texto, a modelo admitiu que 2021 foi um ano muito difícil para os dois: "Eu vi em primeira mão tudo que ele sofreu porque eu sofri junto com ele. Vi ele segurar muita coisa, o que foi extremamente injusto com ele."

Leia Também

Na sequência, a esposa de Medina fez um pedido aos seguidores: "Eu peço de coração que façam orações, que não façam especulações". E fez ainda um alerta para que os fãs se cuidem: "Peço também que isso sirva de alerta  para que tomem muito cuidado com a saúde mental de vocês. Muitas vezes a gente acha que não tem tempo para cuidar da gente, e tem gente que ainda acha que isso é frescura. Como eu disse no início: só quem sofre com esse tipo de coisa sabe como é difícil e como a gente precisa de apoio. Se você estiverem passando por qualquer coisa parecida, busquem ajuda, busquem apoio, vocês não precisam passar por isso sozinhos."

Yasmin finaliza a postagem em apoio ao marido: "Acho a decisão dele de tirar esse tempo para ele a melhor escolha que ele poderia ter feito e tem todo o meu apoio. Deus pode tudo e é bom o tempo todo. tenho Fé" concluiu a modelo.

Nesta segunda-feira, Medina disse que vai priorizar sua saúde mental. Em seu lugar vai competir o brasileiro Caio Ibelli. "Essa foi uma decisão difícil, acredito que uma das mais difíceis que já tomei. Eu vou me ausentar das primeiras etapas de 2022. Por mais que eu queira estar na água surfando e competindo, eu não estou bem física e emocionalmente para isso", disse em nota.

Tricampeão mundial (2014, 2018 e 2021), Medina ainda avalia se vai disputar outras etapas do circuito da WSL. Até o momento, o nome de Medina aparece na chave de baterias da primeira etapa, em Pipeline, no Havaí, que começa no próximo dia 29. A etapa brasileira será disputada em Saquarema, de 23 a 30 de junho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários