Michael Schumacher se acidentou em 2013 e desde então nunca mais apareceu em público
Ferrari/Divulgação
Michael Schumacher se acidentou em 2013 e desde então nunca mais apareceu em público

Mick Schumacher, piloto da equipe Haas na Fórmula 1, fez revelações inéditas sobre o seu pai, Michael, no  documentário "Schumacher", lançado nesta quarta-feira (15) na Netflix.

O documentário traça a história do heptacampeão mundial, passando pelo seu humilde início de Kerpen e indo até os inesquecíveis títulos na principal categoria do automobilismo. Em 2013, o ex-piloto se desequilibrou em uma pista de esqui em Méribel, no sul da França, e bateu a cabeça em uma rocha. O impacto gerou graves lesões cerebrais e a família tenta manter seu estado de saúde em silêncio absoluto.

"Quando penso no passado, as imagens que me vêm à cabeça são de quando nos divertíamos. Vejo imagens nossas andando de kart no campo, imagens nossas passeando em uma carruagem guiada por um pônei", diz Mick no documentário.


Aos 22 anos, o filho de Michael faz sua temporada de estreia na F1.

"Desde o acidente, essas experiências, esses momentos que acredito que muitas pessoas têm com seus pais, não acontecem mais", lamenta o jovem.

"Na minha opinião, isso é um pouco injusto. Acho que eu e meu pai nos entenderíamos de uma maneira diferente agora, simplesmente porque falamos uma linguagem parecida, a linguagem do automobilismo", explica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários