Mariana Becker
Instagram
Mariana Becker

O Grupo Bandeirantes aposta fortemente na Formula 1, tanto que adquirir os direitos de transmissão do Campeonato Mundial até o final de 2022 , tirando as corridas da Globo após 40 anos.

Para comandar as reportagens, aposta na experiência da jornalista Mariana Becker, que deixou a emissora carioca após mais de 25 anos . Agora, ela se prepara para encabeçar as reportagens das 23 provas do calendário. 

“Fiquei muito feliz com o convite da Band porque é uma emissora que tem uma profunda tradição no esporte, que é a minha paixão e especialidade. É muito bom respirar novos ares, trabalhar com outros profissionais, e poder mostrar tudo o que eu tinha vontade e, às vezes, não tinha tanto espaço”, diz.

Segundo a jornalista, as expectativas para a nova fase profissional são as melhores possíveis. “Vou ser a mesma Mariana de sempre, mas agora teremos um espaço muito maior para poder explorar a Fórmula 1. A ideia é despertar o interesse não só das pessoas que entendem da modalidade, como também de quem não conhece e pode começar a se apaixonar. No Show do Esporte, conseguiremos mostrar os vários lados desse esporte, com mais emoção, velocidade, técnica e informação. É um mundo fascinante”, comenta.

Você viu?

Nascida em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Mariana já tem um passado na Bandeirantes. Isso porque, sua carreira na televisão começou na emissora, quando ainda era estudante. “Trabalhava na emissora local e comecei a apresentar um jornal que tinha esporte ao meio-dia. Lembro que na primeira vez que gravei para a Band nacional, eu tinha que dar as últimas notícias do Sul e foi o Elia Junior quem chamou a reportagem no ar”, lembra.

Em 1995, já formada, Mariana foi contratada pela TV Globo, onde atuou nos últimos 25 anos. Em 2009, passou a ser correspondente na Europa e, além de esportes, fazia a cobertura de outros assuntos relevantes.

“Vou continuar vivendo na Europa. Brinco que moro no aeroporto, mas a minha base é em Mônaco. Com a pandemia, tenho ficado bastante na Suíça. O que muda na minha rotina é que eu vou fazer muito mais Fórmula 1 do que eu fazia antes. Eu realizava um pouco mais da metade das corridas e agora vou fazer as 23, o que significa que vou trabalhar mais, só que ao mesmo tempo vou ter o dobro de prazer pelo fato de cobrir o mundial completo”, conclui.

A estreia da Band e da jornalista acontece no dia 28 de março, quando será exibido o Grande Prêmio do Bahrein, o primeiro da nova temporada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários