David Wood
Reprodução
David Wood

As imagens dos manifestantes entrando no Capitólio dos Estados Unidos, na última quarta-feira, serão certamente uma das mais chocantes de 2021. Nesses atos, o ex-jogador do NBA, David Wood, será sempre lembrado por ter participado ativamente  da invasão.

Agora, o ex-jogador de basquete, que é apontado como um fanático religioso e ultraconservador, comparou Donald Trump com Jesus. “Ele (Trump) é um lutador com uma boa formação. Seu problema é que ele não se importa com o que os bancos, as grandes empresas ou o governo dizem. Ele se preocupa com as pessoas. Como Jesus, Trump é mal compreendido ”, afirmou Wood, apontando que toda a mídia americana "é contra Trump". "Eu comparo essa circunstância com o controle sobre a mídia de Adolf Hitler na Alemanha nazista", diz.

Em entrevista, Wood aubda defendeu o caráter pacífico da marcha e criticou o uso de spray de pimenta e gás lacrimogêneo, que para ele mudou o tom da marcha. “Foi muito ruim. Mas a polícia deixou os participantes entrarem como uma estratégia para fazer o povo de Trump ficar com imagem ruim”, criticou Wood.

Para Wood, o protesto ficou fora de controle pela presença de muita gente, “algo muito parecido com o que aconteceu com as tensões raciais sobre George Floyd”, disse o jogador, que pôde ser visto durante os protestos tocando um "chifre", segundo ele, “para fazer cair os muros da corrupção, da fraude eleitoral”. 

Por fim, o ex-jogador, que também atuou na Espanha, apontou que o novo presidente americano será preso,em breve. “Você (Joe Biden) vai acabar na prisão. Ele não será presidente dos Estados Unidos. Eles vão prendê-lo esta semana e o presidente Trump, que ganhou as eleições, governará novamente mais quatro anos. Estou cem por cento certo disso”, concluiu. 

    Leia tudo sobre: NBA Donald Trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários