Maique Tavares de Oliveira, pivô do Paulistano
Reprodução/Instagram
Maique Tavares de Oliveira, pivô do Paulistano

Eles estão acostumados a enfrentar os mais diferentes adversários nos gramados, nas quadras nas piscinas, mas não esperavam ter de lutar contra um vírus mortal. Os atletas que contraíram a Covid-19 , e que se curaram, viveram momentos tensos e de preocupação diante da doença que se espalhou ao redor do mundo. Após sentirem na pele os sintomas e o medo, eles se recuperaram e agora esperam ansiosos pela volta das competições. Confira abaixo alguns atletas que venceram o novo coronavírus.

Leia também: Magic Johnson compara pandemia do coronavírus ao surto do HIV nos anos 90

Rugani e Matuidi (Juventus)

Matuidi
Reprodução/Site oficial da Juventus
Matuidi

O zagueiro Rugani e o volante Matuidi estão livres da Covid-19. Na última quarta-feira (15), a Juventus publicou um post em suas redes sociais para anunciar que os atletas estão curados. O clube ainda tem um outro jogador que testou positivo para a doença, mas que ainda não está plenamente recuperado: Paulo Dybala. Ele segue isolado em sua casa, sem apresentar sintomas graves.

Kevin Durant

Kevin Durant
NBA Photo
Kevin Durant

O Brooklyn Nets anunciou no início do mês que Kevin Durant se recuperou totalmente do novo coronavírus . Um dos grandes astros da NBA, Durant foi diagnosticado com a doença no dia 17 de março. Juntamente com ele, outros três jogadores da equipe também foram infectados. O Brooklyn Nets comunicou que todos estão curados.

Cameron Van der Burgh

Cameron Van der Burgh
Reprodução
Cameron Van der Burgh

Medalhista de ouro nas Olimpíadas de Londres em 2012 e prata no Rio em 2016, o nadador Cameron Van der Burgh relatou sintomas fortes da doença. Após ser diagnosticado com Covid-19, o sul-africano demorou três semanas para voltar a se sentir 100%.

Rudy Gobert e Donovan Mitchell (Utah Jazz)

Rudy Gobert
Reprodução/Twitter
Rudy Gobert

Os dois primeiros atletas da NBA infectados foram declarados recuperados pelo Utah Jazz ainda no mês de março. Rudy Gobert e Donovan Mitchell cumpriram duas semanas de isolamento e o departamento médico da equipe constatou que ambos estavam curados. Gobert, inclusive, se desculpou por ter desdenhado da doença antes de contraí-la.

Jogadores do Valência

Ezequiel Garay
Reprodução
Ezequiel Garay

O jornal espanhol “Marca” publicou no início do mês que todos os 10 jogadores do Valência que estavam com o novo coronavírus foram curados. Entre eles, Mangala, Garay e Gayà. O clube espanhol foi um dos mais afetados com a pandemia. Ao todo, o clube chegou a ter 35% de seu plantel infectado, contando atletas e comissão técnica.

Maique Tavares de Oliveira

Maique Tavares de Oliveira
Reprodução/Instagram
Maique Tavares de Oliveira

O pivô do Paulistano foi o primeiro atleta brasileiro a testar positivo para Covid-19. O anúncio de que o jogador de basquete tinha contraído o vírus foi feito pelo Paulistano em 19 de março. Durante seu período com a doença, Maique disse ter sofrido com tosse intensa, além de dor no corpo, cabeça e garganta. No começo de abril, o jogador já estava recuperado.

Jogadores da Fiorentina

Cutrone e Vlahovic
Reprodução/Twitter
Cutrone e Vlahovic

Três atletas da Fiorentina venceram o vírus: o zagueiro Pezzella e os atacantes Cutrone e Vlahovic. A equipe italiana anunciou, no dia 19 de março, que os jogadores estavam infectados juntamente com outras sete pessoas do clube. No dia 5 de abril, após realização de testes clínicos, os atletas foram considerados curados.

    Veja Também

      Mostrar mais