Presidente do COI não cogita cancelar Jogos de Tóquio arrow-options
Reprodução/Instagram
Presidente do COI não cogita cancelar Jogos de Tóquio

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, garantiu que o Comitê Executivo da entidade, reunido nesta quarta-feira, não cogita "nem o cancelamento, nem o adiamento" dos Jogos de Tóquio-2020 devido à epidemia do coronavírus.

Leia também: PSG veta participação de Neymar e Mbappé na Olimpíada de Tóquio

- Combatemos os desafios, mas não quero incentivar especulações. O COI reafirma seu total compromisso para garantir o sucesso dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 - completou Bach, a menos de cinco meses para abertura do evento que acontece entre 23 de julho a 9 de agosto.

- Nem a palavra ' cancelamento ', nem a palavra ' adiamento ' foram pronunciadas durante o Comitê Executivo - reiterou o presidente do COI em coletiva de imprensa.

O governo olímpico, reunido desde terça-feira em Lausane, na Suíça, recebeu nesta quarta-feira um relatório do Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio (Cojo) em que a entidade se diz "absolutamente alinhada com a posição do COI, reforçando o compromisso para realizar os Jogos Olímpicos", garantiu o mandatário do COI.

Bach lembrou também da criação de um grupo de trabalho conjunto entre o COI, o Cojo, a cidade de Tóquio, o governo japonês e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

- Temos este grupo de trabalho comum que mantém reuniões com regularidade. Examinamos cada questão que possa aparecer, mas não especulamos sobre possíveis desenvolvimentos futuros - concluiu.

    Veja Também

      Mostrar mais