Tamanho do texto

Dupla francesa Gabriella Papadakis e Guillaume Cizeron tiveram pontos descontados após imprevisto com a roupa da patinadora

Gabriella Papadakis e Guillaume Cizeron durante a transmissão oficial dos Jogos Olímpicos de Pyeongchang
Reprodução
Gabriella Papadakis e Guillaume Cizeron durante a transmissão oficial dos Jogos Olímpicos de Pyeongchang

A patinadora Gabriella Papadakis foi vítima de um imprevisto incidente durante sua apresentação na modalidade dança no gelo nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang . Enquanto realizava o programa curto ao lado do parceiro Guillaume Cizeron, a atleta francesa teve um de seus seios à mostra e transmitido ao vivo para milhões de telespectadores.

Leia também: De flanelinha em SP a atleta olímpico, brasileiro chama atenção em Pyeongchang

A jovem de 22 anos de idade foi ainda muito elogiada por persistir com a apresentação até o fim, sem limitar os movimentos. No entanto, a dupla perdeu alguns pontos por conta do problema com a vestimenta da atleta . Em entrevista ao jornal USA Today , Gabriella se mostrou decepcionada com a decisão dos juízes e comentou sobre o ocorrido.

A atleta francesa Gabriella Papadakis foi traída pelo figurino durante sua apresentação com o parceiro Guillaume Cizeron
Reprodução
A atleta francesa Gabriella Papadakis foi traída pelo figurino durante sua apresentação com o parceiro Guillaume Cizeron

Leia também: "Angelina Jolie russa" arranca suspiros em Pyeongchang; conheça a bela do gelo

"Foi o meu pior pesadelo, acontecendo nos Jogos Olímpicos . Eu estava bem distraída. Aconteceu logo nos primeiros segundos... Eu disse a mim mesma que eu não tinha escolha e que tinha de seguir em frente. Eu acho que devemos ficar orgulhosos por termos feito uma performance forte com tudo o que aconteceu. Eu senti logo na hora, e então eu rezei. Isso era tudo o que eu poderia fazer", disse Gabriella Papadakis .

Com a pontuação de 81,93, o casal da França ficou com a segunda colocação no programa curto e irão disputar o ouro olímpico. Os canadenses Tessa Virtue e Scott Moir ficaram na liderança e ainda firmaram um novo recorde mundial, com 83,67 pontos. "É frustrante perder alguns pontos por causa de um problema de figurino. Não é para isso que estamos nos preparando nos treinos. Ainda assim, estou orgulhoso da nossa performance", completou.

Leia também: Atleta austríaco de snowboard quebra vértebra da cervical em PyeongChang

Transmissão

Nas redes sociais, os internautas criticaram a OBS, empresa responsável pela transmissão oficial dos Jogos Olímpicos de Inverno . No caso, alegam que a rede teria aproximado as imagens e ainda utilizado o recurso slow motion justamente no momento que o seio da atleta ficou de fora.