A cidade Olímpica de Pyeongchang , na Coreia do Sul, não é o único ponto da sede dos Jogos de Inverno de 2018 que está recebendo diversos turistas. A apenas 60 quilômetros, fica o "Penis Park", ou Parque do Pênis, em português, um parque onde o grande astro é o órgão sexual masculino.

Leia também: Organização de Pyeongchang cria centro de denúncias de abusos sexuais

Esculturas do Parque do Pênis na Coreia do Sul chamam a atenção dos turistas
Reprodução
Esculturas do Parque do Pênis na Coreia do Sul chamam a atenção dos turistas

O espaço conta com cerca de 50 esculturas de pênis gigantes, esculpidas em diferentes materiais. Segundo um dos guias turísticos locais, o Parque do Pênis nasceu devido a uma lenda de uma jovem mulher que foi deixada pelo namorado em uma rocha perto do mar e morreu afogada em uma tempestade. Com a morte dela, todos os peixes do mar sumiram.

No entanto, a maldição foi quebrada após um homem ter relações sexuais no mar e, repentinamente, os peixes voltarem.

Você viu?

Leia também: Patinadora canadense recebe ameaças de morte em Pyeongchang

Parque recebe casais que querem ter filhos, já que o lugar é um culto à fertilidade
Reprodução
Parque recebe casais que querem ter filhos, já que o lugar é um culto à fertilidade

"Os moradores entenderam que a jovem havia morrido antes de conhecer os prazeres carnais e que desejava ver o sexo masculino. Os moradores decidiram, então, construir esculturas de pênis enormes para satisfazê-la", explicou o guia.

Os habitantes da cidade de Samcheok, onde está localizada uma vila de pescadores, dizem que a lenda tem mais de 500 anos. O parque, que foi inclusive financiado pelo governo sul-coreano, recebeu em 2017 mais de 270 mil visitantes.

Leia também: Pais viajam 17 mil quilômetros de bike para ver o filho nos Jogos de Inverno

Faça um pênis você também

Em comemoração à lenda, é realizado um festival na cidade durante o qual os visitantes podem aprender a esculpir um pênis. As esculturas do Parque do Pênis também são visitadas por casais que querem ter bebês, já que o lugar é um culto à fertilidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários