Tamanho do texto

Filipe Toledo venceu e avançou para as quartas de final. Como adversário será Mineirinho, Brasil já tem um surfista garantido na semifinal

As quartas de final da segunda etapa do Mundial de surfe será Brasil x Brasil. Na noite de sábado, já manhã de domingo em Margaret River, na Austrália , Filipe Toledo venceu o havaiano Sebastian Zietz e avançou na competição.

Filipe Toledo vai às quartas na segunda etapa do Mundial de surfe
@WSL/Ed Sloane
Filipe Toledo vai às quartas na segunda etapa do Mundial de surfe


Com a vitória, Filipinho vai para as quartas do Mundial de Surfe e agora enfrenta o também brasileiro Adriano Souza , conhecido como Mineirinho

Detalhes da competição

Filipinho tinha pela frente o atual campeão da etapa e se deu bem com manobras agressivas e variadas, bem lincadas umas nas outras. O brasileiro conseguiu oito ondas e a melhor nota foi 8,50. Já no final da bateria, Zietz, rival de Filipinho, pegou uma boa onda e arriscou, mas os juízes deram nota 8 e mantiveram a vitória do brasileiro. No final, ele somou 15,43 contra 14,33 do havaiano e avançou na etapa. 

"Depois de ter competido duas baterias num mar bem grande ontem (sábado) com toda aquela adrenalina, hoje já poder usar uma pranchinha um pouco menor para fazer um surfe mais high-performance foi legal", comentou Filipinho depois do triunfo. 

Leia também: Chloé Calmon vence etapa do mundial de longboard em Papua-Nova Guiné

Ele disse ainda que as condições do mar e a reta final da bateria o deixaram mais confiante para arriscar manobras e buscar o resultado. "Graças a Deus, está dando tudo certo, as pranchas estão boas, estou me sentindo bem e vamos pras cabeças", completou. 

Brasil x Brasil

E esse "ir para as cabeças" significa o confronto nacional nas águas da Austrália. Mineirinho, que já estava classificado, esperava o reultado desta bateria para conhecer o rival. E no finald as contas, o adversário já é um velho conhecido. 

A briga nas quartas de final entre Filipinho e Mineirinho terá um tira-teima. É o sexto confronto entre eles em baterias eliminatórias e a vantagem do momento é de Mineirinho, com três vitórias, Filipinho pode empatar a disputa ou ver o atual campeão mundial abrir vantagem. 

Leia também: Ítalo Ferreira arranca primeira nota 10 do ano pelo circuito mundial de surfe

Final da etapa

Quem vencer, disputa a vaga na final da segunda etapa do Mundial de surfe com quem levar a melhor na bateria entre o sul-americano Jordy Smith e  Kolohe Andino, dos Estados Unidos. Como a previsão indicava falta de ondas na segunda-feira (horário local), as próximas disputas estão marcadas para a manhã de terça-feira. 

    Leia tudo sobre: surfe