Conor McGregor entrando no octógono
UFC/Divulgação
Conor McGregor entrando no octógono

Não demorou muito para o polêmico Conor McGregor aceitar o desafio proposto pelo lutador brasileiro Anderson Silva para um combate de peso-casado até 80 kg.

Anteriormente, em sua conta no Instagram, Spider fez uma série de elogios ao lutador e o desafiou para uma superluta. Por meio de sua conta no Twitter , o irlandês, ex-campeão dos pesos-leves e penas, aprovou a ideia e respondeu a publicação de uma página de luta que noticiava o desafio proposto por Anderson, com um direto: “eu aceito”.

Leia mais: Anderson Silva desafia McGregor para uma superluta no UFC

Conor McGregor , de 31 anos, ganhou notoriedade no UFC pelas polêmicas, mas, principalmente, por derrotar o brasileiro José Aldo em apenas 13 segundos de luta, colocando fim em uma invencibilidade que durava mais de dez anos. Atualmente, o irlandês não possui mais nenhum cinturão, mas vem de vitória contra o americano Donald Cerrone, em janeiro.

Por outro lado, Anderson Silva, de 45 anos, e que já foi campeão do cinturão do peso-médio contra Rich Franklin, ostenta no currículo a invejável marca de ter defendido o cinturão por dez vezes. O brasileiro, por sua vez, não entra em um octógono desde maio do ano passado, quando lesionou a perna em combate contra o americano Jared Cannonier. Para piorar, nos últimos oito combates, Spider venceu apenas um, em 2017.

Como publicado anteriormente pelo iG, por meio da sua conta no Instagram, o brasileiro havia feito uma série de elogios a McGregor e afirmou que ambos poderia fazer um combate para agradar os admiradores. “Tenho uma imensa admiração pelo grande atleta Conor e acredito que um Super Fight seria algo histórico para o esporte. Nem um de nós precisa provar mais nada a ninguém. Acredito que os fãs do UFC e do esporte gostariam de ver este grande espetáculo marcial”, afirmou.

A admiração entre ambos é reciproca. Em postagem recente, McGregor elencou os melhores lutadores de  MMA  de todos os tempos. Na lista, colocou Anderson na primeira posição. Como justificativa, apontou o estilo plástico do brasileiro.

“Anderson está, claramente, no número 1. Tem mais nocautes plásticos no currículo. Chute frontal na cara, cotovelada de baixo para cima, joelhadas no rosto. É uma longa lista, de cair o queixo. Anderson e eu temos os desfechos de luta mais emocionantes e importantes do esporte. E eu só estou aquecendo”, escreveu.

    Veja Também

      Mostrar mais