Tamanho do texto

Katy Collins morreu na última quarta-feira (25), após sofrer um aneurisma cerebral e ficar internada durante cinco dias; a lutadora deixa dois filhos

A ex-lutadora de MMA Katy Collins morreu na última quarta-feira (25), aos 32 anos, depois de sofrer um aneurisma cerebral na sexta-feira passada. A notícia foi confirmada pelo treinador da americana, através de suas redes sociais.

Leia também: Van Dijk quase morreu aos 21 anos e chegou a escrever testamento para mãe

lutadora arrow-options
Reprodução/Instagram
Ex-lutadora de MMA morreu após sofrer um aneurisma


Leia também: Ex-atleta da NBA morre após ser baleado na porta de casa, nos EUA

"A luta acabou. Você nunca parou de lutar e nós nunca desistimos de você. Apenas não estava nas cartas. Eu serei sempre muito orgulhoso de você, Katy. Eu fiquei honrado de viver o seu sonho com você. Eu nunca trocaria isso por nada. Vou sentir sua falta mais do que as palavras podem mostrar”, escreveu  JT Tilley, treinador da lutadora .

Quando a atleta de MMA sofreu o aneurisma, seus amigos criaram uma "vaquinha" online para arrecadar dinheiro e custear o tratamento. Ela deixa dois filhos pequenos.

Leia também: Morre iraniana que incendiou o corpo ao ser condenada por ir ao estádio

Katy Collins explodiu no esporte com seis vitórias em suas primeiras sete lutas de 2015. Ela nocauteou três vezes e finalizou mais três. Sua última luta foi em junho do ano passado, quando perdeu para a lutadora Jaimelene Nivera.