Tamanho do texto

Relembre a trajetória profissional da lutadora que faleceu nessa sexta-feira

Ashley Massaro em ação no WWE
WWE/Divulgação
A lutadora e capa da PlayboyAshley Massaro morreu nesta sexta-feira. A causa da morte não foi divulgada.

O mundo do WWE está de luto pela morte da lutadora Ashley Massaro. Após passar mal, a wrestler foi levada ao hospital, mas não resistiu. Além da carreira no WWE, Ashley foi capa da Playboy norte-americana em 2007, um ano antes de se aposentar. A causa de sua morte não foi divulgada e está sendo investigada pelas autoridades. Relembre um pouco da carreira da lutadora.

Leia também: Capa da Playboy norte-americana, lutadora morre aos 39 anos de idade

Descoberta em 2005 através do WWE Diva Search, competição para descobrir novos talentos do WWE ,  Ashley Massaro  fez sua estreia em 27 de junho do mesmo ano. Na ocasião ela acabou derrotada pela  lutadora Lisa Marie Varon, a Victoria. 

Confira fotos de Ashley Massaro:

Após continuar competindo durante o ano, até que teve oportunidade de disputar pelo Título Feminino. Após eliminar a lutadora Candice Michelle, Ashley voltou a ser derrotada por Victoria.  No começo de 2006, Massaro fraturou a perna após uma luta e precisou passar por uma cirurgia urgente. Durante a recuperação,  a lutadora anunciou um contrato de 3 anos com o WWE. 

Em 21 de junho de 2006, Ashley ganhou seu primeiro combate no Smackdown. Após vencer uma luta de times mistos - que envolvia seis pessoas -, a  wrestlet virou manager de Paul London e Brian Kendrick, passando a acompanhá-los em suas lutas. 

Ashley Massaro com a revista em que foi capa da Playboy
Playboy/Divulgação
Lutadora Ashley Massaro foi capa da Playboy

Durante um evento em fevereiro de 2007, Ashley foi convidada para ser  capa da Playboy americana no mês de abril. Ainda no mesmo mês, a lutadora venceu o Diva Talent Invitational, quando derrotou, de uma única vez, suas sete adversárias. No mesmo ano, participou da décima quinta edição do reality show Survivor.

Leia também: Ex-lutador do UFC é preso acusado de violência doméstica

Ao longo de 2008, Ashley continuou participando de lutas, alteranando entre resultados bons e outros nem tanto.  Em seu myspace, a lutadora afirmou que pediu afastamento pois sua filha Alexa, de 7 anos na época, estava doente. No dia 9 de julho, ela se demitiu do WWE .

Em agosto de 2011, a WILD Wrestling anunciou que Ashley fazia parte da equipe e, em outubro do mesmo ano, o presidente da WILD, Travis Leland, tornou ex- wrestler a nova manager da empresa. 

Vinda de uma família de wrestlers,  Ashley Massaro ensaiava uma volta ao WWE e estava treinando para volta a lutar. Porém, os planos não se concretizaram.  A lutadora, que completaria 40 anos no próximo dia 26, deixa uma filha de 18 anos. 

    Leia tudo sobre: Luta