Tamanho do texto

Richarlison e Gabriel Jesus marcaram os gols da vitória do Brasil em Brasília; equipe asiática ainda perdeu um pênalti no fim

Richarlison marcou um dos gols da seleção brasileira contra o Catar
Pedro Martins / MoWA Press / Divulgação
Richarlison marcou um dos gols da seleção brasileira contra o Catar

No penúltimo jogo de preparação antes da estreia na Copa América, a seleção brasileira fez amistoso contra o Catar , na noite desta quarta-feira, no Mané Garrincha, em Brasília (DF), vencendo por 2 a 0.

Leia também: Veja vídeo que mostra a briga entre Neymar e a modelo Najila Trindade

Os gols da  seleção brasileira foram marcados por Richarlison e Gabriel Jesus, em uma partida dominada pelos comandados de Tite.  Neymar saiu de campo ainda no primeiro tempo por conta de uma entorse, preocupando para a competição.

No fim, o Catar teve um pênalti assinalado com o auxílio do árbitro de vídeo, mas que acabou desperdiçado.

O último jogo da preparação do Brasil antes da Copa América acontece no domingo, às 16h, contra a Honduras - o amistoso será disputado no Beira Rio, em Porto Alegre (RS). A estreia dos comandados de Tite na Copa América acontece às 21h30 do próximo dia 14, diante da Bolívia, no Morumbi, pelo Grupo A. Já o Catar faz a estreia na competição pelo Grupo B, diante do Paraguai, domingo, no Maracanã.

BRASIL NA FRENTE! 

O Brasil não encontrou dificuldades diante do Catar desde o apito inicial do árbitro. A movimentação ofensiva dos comandados de Tite neste penúltimo jogo de preparação antes da estreia na Copa América foi feita com tranquilidade, não encontrando obstáculos por parte dos adversários. A Seleção Brasileira chegou com perigo aos 10 minutos com Gabriel Jesus, Philippe Coutinho no minuto seguinte, até que aos 16, Daniel Alves achou Richarlison e colocou o 1 a 0 a favor no placar.

NEYMAR PREOCUPA

Neymar no chão
Pedro Martins / MoWA Press
Neymar sofreu uma torção no tornozelo no amistoso diante do Catar

Enquanto Richarlison comemorava o primeiro gol do Brasil, Neymar preocupava Tite e os mais de 34 mil torcedores que foram ao Mané Garrincha acompanhar a partida. O atacante sentiu dores e foi caminhando para o banco, quando começou a receber atendimento médico e chorou.

Leia também: Real ou "fake"? Lesão de Neymar no amistoso entope a web de reações da torcida

Deixou no intervalo o estádio, sendo informado pelos médicos da Seleção Brasileira que ele sofreu uma entorse no tornozelo direito. Preocupação para os próximos dias, a confirmar se participará da Copa América. Uma ausência que seria bastante sentida pelo elenco.

JESUS AMPLIA 

Com o cenário de um jogo bastante fácil, o mesmo foi se confirmando com o passar dos minutos. E não demorou muito para o Brasil ampliar o marcador. Aos 23 do primeiro tempo, Gabriel Jesus recebeu de Richarlison, que ficou livre para estufar as redes do Catar, 2 a 0. Ainda antes do intervalo, aos 39, o árbitro Jose Argote, da Venezuela, assinalou pênalti após a bola pegar no braço de Hassan. Entretanto, com o auxílio do vídeo, corretamente, a marcação foi anulada e a partida prosseguiu até o intervalo.

PÊNALTI PERDIDO NO FIM 

No segundo tempo, o Brasil seguiu trabalhando no ataque, com maiores testes no esquema de jogo colocado por Tite. Oportunidades chegaram a ser criadas com Gabriel Jesus, mas foi o Catar que quase estufou as redes na etapa final, acordando diante dos primeiros 45 minutos ruins. Nos acréscimos, o árbitro, com auxílio do vídeo, assinalou corretamente pênalti a favor do Qatar - cometido pelo goleiro Ederson -, mas Khoukhi foi para a cobrança e desperdiçou, mandando no travessão. Vitória brasileira por 2 a 0, saldo positivo, mas ainda falta mais para chegar no embalo na Copa América.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 X 0 CATAR

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF) 
Data/hora: 5/6/2019 - 21h30 (de Brasília) 
Árbitro: Jose Argote (VEN)
Auxiliares: Lubin Torrealba (VEN) e Franchescoly Chacón (VEN)
Renda/público: R$ 3.880.825,00/34.204 torcedores 
Cartões amarelos: Casemiro (BRA) e Pedro Miguel, Madibo (CAT) 
Cartão vermelho: -

GOLS : Richarlison 16'/1ºT (1-0) e Gabriel Jesus 23'/1ºT (2-0)

BRASIL : Ederson, Daniel Alves (Éder Militão 34'/2ºT), Marquinhos, Miranda e Filipe Luís (Alex Sandro 30'/2ºT); Casemiro, Arthur (Fernandinho 20'/2ºT) e Philippe Coutinho (Lucas Paquetá 22'/2ºT); Richarlison (David Neres 17'/2ºT), Neymar (Everton 20'/1ºT) e Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

CATAR : Al-Sheeb, Pedro Miguel, Al Hajri, Khoukhi, Salman e Hassan (Ali Afif 37'/2ºT); Madibo, Haydos (Doozandeh 33'/2ºT) e Hatem (Abdulsalam 41'/2ºT); Akram Afif (Alaaeldin 42'/2ºT) e Almoez Ali. Técnico: Felix Sánchez.

    Leia tudo sobre: futebol