Tamanho do texto

Zagueiro relatou emoção ao receber a notícia que, aos 27 anos, havia sido convocado para defender a seleção brasileira pela primeira vez na carreira

Os convocados por Tite para defender a seleção brasileira nos amistosos contra Arábia Saudita e Argentina se apresentaram à comissão técnica nesta segunda-feira, em Londres. Novidade na lista, o zagueiro Pablo já treinou com bola e concedeu sua primeira entrevista coletiva com a camisa do Brasil.

Leia também: Lesionado, Everton é cortado da seleção e Tite chama ex-são-paulino Lucas Moura

Pablo concedeu entrevista ao lado de Fabinho e comemorou sua primeira convocação para seleção:
LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Pablo concedeu entrevista ao lado de Fabinho e comemorou sua primeira convocação para seleção: "A gente nunca desiste dos nossos sonhos"

Aos 27 anos, Pablo , atualmente no Bordeaux, da França, foi convocado pela primeira vez para defender a seleção verde e amarela e contou como recebeu a notícia, quando estava a caminho do treinamento de seu clube e recebeu a informação do pai, emocionado.

"A gente nunca desiste dos nossos sonhos, tem que sempre acreditar. Apesar de já ter 27 anos, eu sempre trabalhei, me dediquei, sempre com pensamentos positivos e querendo defender a seleção", afirmou.

Leia também: Rodrygo é indicado ao Troféu Kopa e Marta está na lista da Bola de Ouro feminina

"Meu pai me ligou chorando, achei que era brincadeira. Aí minha esposa olhou na internet e viu que estava mesmo convocado. Ficou marcado na minha carreira, com certeza", acrescentou o defensor.

Campeão brasileiro com o Corinthians em 2017, Pablo formou uma ótima defesa ao lado de Balbuena. Foi justamente com a camisa alvinegra que cresceu taticamente, sob o comando do técnico Fábio Carille, pupilo de Tite.

Pablo formou, ao lado de Balbuena, a dupla campeã brasileira de 2017 e dona da melhor defesa da competição sob o comando de Fábio Carille
Divulgação
Pablo formou, ao lado de Balbuena, a dupla campeã brasileira de 2017 e dona da melhor defesa da competição sob o comando de Fábio Carille

Leia também: Neymar e outros três brasileiros são indicados à Bola de Ouro; veja os 30 nomes

"Acho que falavam até mais de eu ter uma oportunidade na seleção quando estava no Corinthians. Amadureci muito como jogador e como pessoa com o Carille, e agora espero aprender ainda mais com o 'técnico' dele, né?", finalizou Pablo , que falou ao lado de Fabinho em coletiva no CT do Tottenham.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.