Tamanho do texto

Trump ironizou fala de jornalista brasileira durante visita do presidente da FIFA à Casa Branca. Semifinal da Copa do Brasil também foi tema de coletiva

Tite responde Trump
Reprodução
Tite responde Trump "temos cinco títulos mundiais"

Após a vitória do Brasil contra os Estados Unidos por 2 a 0 na última sexta-feira, as declarações de Donald Trump ironizando a eliminação da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, foram rebatidas pelo técnico Tite nessa segunda-feira.

As falas do presidente americano foram ouvidas durante visita do presidente da Fifa, Gianni Infantino, à Casa Branca para celebrar juntamente com o presidente a eleição do país como uma das três sedes do Mundial de 2026, ao lado de Canadá e México . Na ocasião, uma jornalista brasileira disse que Tite coordena a “melhor seleção do mundo”.

Provocador, Trump respondeu o comentário fazendo referência à última Copa “Acho que vocês tiveram um probleminha recentemente”, brincou. Segundo a ANSA , em coletiva de imprensa da Seleção, Tite declarou “A resposta para Trump é que temos cinco títulos mundiais. Talvez historicamente ele possa se informar melhor” comentou o treinador brasileiro, exibindo a mão com cinco dedos abertos.

Leia também: Portugal, Espanha e Marrocos devem lançar candidatura tripla para Copa 2030

A seleção norte-americana ficou fora do último mundial e atualmente ocupa o 22º lugar no ranking da FIFA. Já o Brasil, que chegou até as quartas-de-final da Rússia, está em terceiro, atrás da Bélgica que o eliminou e da França, campeã mundial.

Copa do Brasil x Tite

Tite comentou sobre volta de Fagner aos treinos poucos dias depois de ser cortado da seleção por lesão
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Tite comentou sobre volta de Fagner aos treinos poucos dias depois de ser cortado da seleção por lesão

As semifinais da Copa do Brasil tem sido tema recorrente das coletivas de Tite. Semana passada, o técnico da Seleção Brasileira admitiu que o Palmeiras se favoreceu por não ter tido nenhum atleta convocado, diferente dos outros três clubes semifinalistas: Corinthians, Flamengo e Cruzeiro.

O tema voltou ontem já que Fagner, do Corinthians, foi convocado por Tite, mas logo depois cortado por lesão. A previsão de recuperação era de três semanas, porém depois de problemas na lateral do clube alvinegro, o jogador retornou aos treinos e deve enfrentar o Flamengo amanhã no Maracanã.

Tite comentou “Temos que ter muito cuidado com essas informações. Se trabalha muito em cima de projeções. Por vezes um atleta tem um período de recuperação diferente de outro. Não posso trazer atleta para se recuperar aqui. Eu sei dos profissionais que têm o Corinthians, da lisura, do caráter do Fagner. Mas a lesão inviabilizou sua convocação”, cravo o técnico.

Sobre Paquetá e Dede, o treinador disse que poupará ambos no amistoso de mais tarde “Quando era técnico de clube, sempre gostava que o técnico da Seleção tivesse um respeito para devolver em boas condições. Dedé vai jogar só uma parte, Paquetá uma parte. Eu tenho todo o calendário, não é essência, mas eu tenho e ter responsabilidade pela saúde dos atletas também”, finalizou.

Leia também: CBF rejeita pedido do Flamengo de adiar jogo contra Corinthians

O próximo compromisso de Tite e companhia é hoje a noite contra a seleção de El Salvador, em Washington, às 21h30.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.