Maguire
Divulgação
Maguire

O zagueiro Harry Maguire, do Manchester United, foi obrigado a abandonar a sua mansão em Cheshire, após receber uma ameaça de bomba por email .

No momento, ele está hospedado com a família numa zona segura junto a um colega de equipe, revela o 'The Sun', que adiantou também que a mensagem em questão dava 72 horas ao jogador para deixar os red devils.

"O Harry e os seus companheiros recebem ameaças de morte frequentemente nas redes sociais, mas isto foi diferente. O email dizia que foram instaladas três bombas em sua casa e que ele tinha 72 horas para deixar o United ou seriam detonadas. Um ato de ódio e um abuso", explicou fonte próxima do jogador ao diário britânico.

De acordo com os ingleses, o zagueiro estava no centro de treinamentos dos red devils quando surgiu a ameaça e dirigiu-se imediatamente para casa, onde estavam a sua namorada (Fern Hawkins) e as duas filhas.

"A Fern já não se sente segura. Se cansou do abuso que o Maguire recebe. São uma família próxima, e o Harry sempre as colocou em primeiro lugar, mas, ao mesmo tempo, se recusa a ceder ao ódio", frisou a mesma fonte.

Vale lembrar que a polícia já realizou diversas buscas em casa de Maguire, sempre sem encontrar qualquer sinal de ameaça. Além disso, o jogador se nega a deixar o Manchester .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários