Harry Maguire
Reprodução
Harry Maguire

Após ter sido, nas últimas horas, ameaçado e forçado a deixar a sua mansão em Cheshire, depois de ter recebido uma ameaça de bomba por email, Harry Maguire garantiu, tal como revelou fonte próxima do jogador ao 'The Sun', que não vai "deixar o Manchester United".

A polícia chegou a ir até à propriedade onde o zagueiro dos red devils, companheiro de Cristiano Ronaldo, vive com a namorada, Fern Hawkins, e com as duas filhas, mas não encontrou qualquer vestígio que pudessem corroborar a ameaça.

"Ele não vai ser forçado a sair do Manchester United com este tipo de ameaças. A prioridade número um dele será sempre a segurança da família, mas também consegue lidar com isto. Parece ter sido um ato cometido por um torcedor covarde. Se isso se provar, é uma completa desgraça para o nome deste clube", explicou uma fonte próxima do jogador ao 'The Sun'.

A mesma fonte frisa ainda que o alerta, considerado muito grave, levou a polícia a fazer nova busca à mansão do defesa inglês algumas horas depois. O diário britânico avança que o email continha ameaças pessoais direcionadas ao jogador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários