Salvio atropelou sua ex-mulher na madrugada de quinta-feira
Reprodução
Salvio atropelou sua ex-mulher na madrugada de quinta-feira

A Justiça argentina aplicou medidas de coação para o atacante Eduardo Salvio (veja fotos na galeria abaixo)  após o jogador  do Boca Juniors atropelar sua ex-mulher, Magali Aravena, na madrugada de quinta-feira (14).

De acordo com o jornalista César Luis Merlo, da 'TyCSports', Salvio está impedido de estar a menos de 300 metros da alegada vítima, de sair do país (Argentina) sem autorização prévia e ainda de dirigir durante um mês.

A proibição de contato direto com Magali Aravena não inclui os dois filhos que o casal tem em comum, assim o jogador argentino poderá estar com Valentino e Cloé sempre que entender.

O caso

Leia Também

De acordo com a imprensa argentina, o ex-jogador do Atlético Madrid e do Benfica teria atropelado a própria esposa, Magalí Aravena, na madrugada de quinta-feira (14).

O caso ocorreu no cruzamento das ruas Azucena Villaflor e Juana Manso, às 00h50, e a mulher sofreu um pequeno "trauma na perna direita".

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima contou que foi procurar o jogador na casa que dividiam em Puerto Madero, quando encontrou o '10' de Xeneize com outra mulher em seu veículo. Ela tentou entrar no carro para falar com Salvio, que ao tentar fugir passou com o carro e machucou a sua perna direita. Ela não precisou ser levada ao hospital.

Salvio é um dos principais nomes do Boca Juniors, que irá enfrentar o Corinthians no dia 26 de abril, pela fase de grupos da Copa Libertadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários